fbpx

Trevo da sorte – História e curiosidade sobre o trevo de quatro folhas

O trevo de quatro folhas é conhecido internacionalmente como trevo da sorte. As quatro folhas, na verdade, são folíolos – ou seja, subdivisões de uma folha – e surgem como manifestação extremamente rara nos trevos.

Originalmente, os trevos fazem partem das plantas do gênero Trifolium, que quer dizer três folhas, em latim. Sendo assim, a aparição de um trevo de quatro folhas é uma mutação rara, o que explica sua relação com a sorte.

O trevo é tão difícil de ser encontrado que existe apenas um em cada 10 mil espécimes com três folhas.

História do trevo da sorte

Trevo da sorte - história e curiosidade sobre o trevo de quatro folhas
Etsy

De acordo com as lendas celtas, o trevo da sorte era cultuado por mestres, juízes e sacerdotes da região da Inglaterra e da Irlanda. Além da raridade da variação, o formato de cruz era conhecido por representar unidade e equilíbrio.

Antes mesmo do surgimento do cristianismo, a forma da cruz já era relacionada a valores sagrados, por conta de sua forma equilibrada. Além disso, a divisão em quatro também faz relação com a natureza em outros pontos como as quatro estações do ano, quatro fases da lua, quatro elementos da natureza, etc.

Mitologia celta

Trevo da sorte - história e curiosidade sobre o trevo de quatro folhas
flickr

Na mitologia celta, os druidas eram os responsáveis por realizar praticamente todas as funções de liderança em uma comunidade. Dessa maneira, eles faziam uso frequente dos trevos da sorte, para que tivessem boa fortuna para si e para seu povo.

A planta estava diretamente relacionada ao poder da natureza e, por isso, dos deuses. Os celtas acreditavam, por exemplo, que a anomalia que provocava quatro folhas em um trevo vinha da ação direta das fadas na região.

Ou seja, quando alguém encontrava um trevo da sorte, estaria encontrando uma planta diretamente tocada e alterada pelo poder dos deuses.

Tradição

Trevo da sorte - história e curiosidade sobre o trevo de quatro folhas
rent

Anualmente, a festa de São Patrício também celebra o Dia do Trevo. O padroeiro da Irlanda é celebrado no dia 17 de março em países de língua inglesa, mas tem sido cada vez mais reconhecido em tradições ao redor do mundo.

Além da lembrança do trevo da sorte, a data envolve utilizar roupas verdes e fazer caminhadas e festas em celebração ao santo.

Ainda que o trevo de quatro folhas seja muito lembrado e celebrado na tradição, oficialmente é o trevo de três folhas que está ligado à data. Isso porque o próprio santo teria escolhido o trevo como símbolo do cristianismo, diante da força de conversão de alguns druidas.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Como plantar caju – Dicas para ter um cajueiro em casa

Fontes: Waufen, Sorte Online

Imagens: how stuff works, Etsy, flickr, rent

More in Fatos&Fatos.com