Salomé – Quem foi a personagem conhecida por sua beleza e maldade

Salomé é o nome de uma personagem bíblica citada no Novo Testamento, cujo nome deriva do hebraico Shalom, que significa paz. Em suma, a princesa Salomé era filha de Herodíade, que era casada com Herodes Antipas. No entanto, ela ficou conhecida como a responsável pela morte de João Batista, após dançar na festa de aniversário do seu padrasto e tio, o tetrarca da Galileia, Herodes Antipas.

Por isso, Salomé é considerada como a mulher mais malvada da história judaico-cristã. Além disso, é uma das poucas figuras femininas que conquistou tantos escritores, autores de teatro, pintores e compositores. Pois, até os dias de hoje, a personagem é lembrada.

De acordo com a Bíblia, Salomé possuía uma beleza sem igual, com um corpo escultural, cabelos longos, negros e sedosos, olhos de pantera, boca, braços e pernas perfeitas. Cujo dom era usar a sedução e o erotismo para conseguir realizar seus desejos.

Quem foi Salomé

Mulher Bela

A princesa Salomé nasceu no ano 18, era neta de Herodes, o Grande e filha de Herodes Filipe e Herodíade (ou Herodias) que se casou com seu cunhado Herodes Antipas, após seu marido ser preso injustamente pelo irmão.

Ademais, Salomé era sobrinha de Herodes Antipas que era tetrarca da Galileia na época. Em suma, Salomé chamava a atenção por onde passava, graças a sua beleza sedutora. Dessa forma, ela não passava despercebida aos olhos do tio, dos guardas e todos os servidores do palácio onde morava com sua mãe. Portanto, ser desejada por todos, agradava e satisfazia seu ego.

No entanto, a história da personagem já foi contada de várias formas diferentes. Onde Salomé teve sua idade, caráter, roupas e personalidade mudadas de acordo com a vontade de quem as escreveram. Por exemplo, Flaubert, Oscar Wilde, Mallarmé e Eugénio de Castro, que são apenas alguns que retrataram a história de Salomé. Basicamente, eles a vestiram e despiram, deram-lhe e tiraram-lhe a ingenuidade e candura, deram-lhe paixões mórbidas, isso tudo conforme a veia criativa de cada artista.

Entretanto, em todas as histórias que envolvem a personagem, a dança que Salomé faz para agradar seu tio-avô, são uma constante. Inclusive, sua lendária dança é que fez dela esse personagem tão explorado e lembrado por artistas do mundo todo.

A dança de Salomé

Capuchinhos

Era aniversário do tetrarca Herodes Antipas, foram convidados todos os príncipes da Judeia e Galileia, havia muita fartura, bebidas e comidas variadas no banquete e bailarinas para animar a grandiosa festa. Dessa forma, entre cada prato servido, tocavam músicas e bailarinas núbias e egípcias distraiam os convidados. Era costume daquela época que apenas homens ficassem na área do banquete. Quanto às bailarinas, não eram consideradas pessoas e estavam ali apenas para o prazer dos convidados.

Então, para a surpresa de todos, aparece uma bailarina desconhecida acompanhada de escravas. Sua beleza encanta a todos, que esquecem a refeição e não tiram os olhos da bela bailarina, que era Salomé, descalça, usando vestes finas e muitas pulseiras. Então, ela começa a dançar, sua dança é envolvente e sedutora, todos que estão ali, ficam encantados com ela. Quando termina a dança, Salomé recebe aplausos entusiasmados e todos pedem por mais, inclusive o próprio Herodes.

Mas, Salomé se recusa a repetir a dança, então Herodes diz a ela para pedir o que quiser dele que ele faria por ela. Por fim, influenciada pela mãe, Salomé pede a cabeça de João Batista em uma bandeja de prata. Lembrando que, João Batista era um homem bom e não havia cometido crime algum para estar preso. Mas, como anunciava a chegada do Messias e era contra as práticas pecaminosas de Herodes, ele manda prendê-lo, enquanto que Herodíade desejava sua morte.

Portanto, para satisfazer sua vontade, Herodes aceita o pedido e ordena que João Batista, seja morto, quando trazem a cabeça na bandeja, Salomé entrega a sua mãe.

Outras representações

abíblia.org

Ao longo da história, Salomé foi retratada de diversas formas. Por exemplo, em alguns relatos, a personagem bíblica seria uma menina de 12 anos e ingênua. Portanto, sua dança não teria nada de erótica ou sensual, e Herodes apenas se encantou com sua performance na dança.

Já em outras versões, ela seria uma mulher sedutora que usava sua beleza para conseguir tudo o que queria. Inclusive durante a dança ela teria mostrados os seios enquanto sacudia seus véus transparentes. No sermão 16 de Santo Agostinho, ele relata que Salomé mostra os seios durante uma dança frenética e provocativa.

Em suma, a dança pode ter acontecido de fato, no entanto, historiadores apontam que nos Evangelhos, a imagem atribuída a personagem bíblica não tem nenhuma conotação erótica. Portanto, todas as outras versões criadas de Salomé, seria fruto da inspiração de cada artista.

Capuchinhos

Dessa forma, para alguns, Salomé é sanguinária, a encarnação da maldade, para outros ela é ingênua e teria apenas obedecido às ordens de sua mãe. Enfim, talvez ela não mereça perdão, pois mandou executar um homem bom e inocente, mas sua beleza encantou inúmeros artistas ao longo da história. E mesmo hoje, podemos ver essa personagem bíblica representada em pinturas, músicas, poemas, filmes e muito mais.

Se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Baderna, o que é? Qual a origem e importância histórica.

Fontes: BBC, Estilo Adoração, Leme

Imagens: Mulher Bela, Capuchinhos, abíblia.org

More in Fatos&Fatos.com