Qual o papel do pH nas nossas vidas?

Quando ouvimos falar sobre pH, a escala numérica utilizada na química para especificar a acidez ou basicidade de uma solução aquosa, dificilmente conseguimos imaginar esse conceito sendo utilizado fora dos laboratórios. Entretanto, o que muitas pessoas nem imaginam é que isso possui um papel fundamental no nosso cotidiano.

Ácidos e bases estão presentes em diversos momentos da nossa vida, desde a digestão dos alimentos que consumimos, o funcionamento de remédios em nossos organismos e até mesmo nos produtos de limpeza que usamos para limpar nossas casas. Então, vamos entender um pouco mais sobre como funciona o pH!

Leia também: 5 vezes que você usou o Teorema de Pitágoras e não lembra

Escala do pH

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

Para determinar se algo é um ácido ou uma base, nós precisamos descobrir qual é o seu pH — uma escala que varia de 1 a 14. Qualquer substância medida entre 1 e 6 na escala de pH será considerada uma substância de pH baixo e, portanto, um ácido. Por outro lado, substâncias medindo de 8 a 14 terão pH alto e serão bases.

Aquelas que medirem exatamente 7 na escala de pH serão chamadas de substâncias neutras, sendo o maior exemplo delas a água pura. Mas afinal, o que é o pH? Esse termo significa “potencial para concentração de íons de hidrogênio”. Portanto, quanto maior o número de íons de hidrogênio em uma solução, menor será o pH e vice-versa.

Importância do pH no dia a dia

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Dificilmente paramos para mensurar a importância do pH nos pequenos e grandes acontecimentos das nossas vidas. Porém, a realidade é que muito do que vivenciamos é afetado por essa escala. Aqui vão alguns exemplos disso:

  • Plantas e animais só sobrevivem em uma estreita faixa de pH. Normalmente, o sangue do corpo animal e humano precisa estar em uma faixa de pH entre 7 a 7,5;
  • Quando o pH da chuva está abaixo de 5,6, ela pode ser considerada uma chuva ácida. Quando a chuva ácida atinge rios e lagos, o valor do pH da água cai e a vida aquática é comprometida;
  • Quando sofremos problemas de acidez no estômago, isso significa que o pH do órgão caiu;
  • Nossos dentes sofrem deterioração quando o valor do pH da nossa boca diminui;
  • Mudanças drásticas no pH de um solo tornam ele infértil.

Efeitos do pH no sistema digestivo

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Para ajudar na digestão de alimentos e matar germes, o nosso estômago produz ácido clorídrico (HCl). Este é um ácido que equilibra o valor do pH do nosso órgão. Em geral, o pH do estômago fica em 1,2, mas esse valor pode mudar conforme consumimos alimentos mais ácidos ou alcalinos. 

Quando o valor desse pH diminui, acabamos sofrendo com a acidez — causando dor e irritação. A solução para curar esse tipo de problema pode ser consumir substâncias básicas como leite de magnésia, que neutralizam o excesso de ácido produzido em nosso estômago.

More in Fatos&Fatos.com