fbpx

Primeiro site do mundo – Origem e história de sua criação

A internet é conhecida como a rede mundial de computadores, cujo objetivo é fornecer acesso de diversas informações aos seus usuários. De acordo com dados, em janeiro de 2021, havia mais de 4,7 bilhões de usuários da internet e mais de 1,83 bilhão de sites. No entanto, esse número cresce a cada dia, com a criação dos mais variados tipos de sites, que agradam a todos os gostos. Mas, você já parou para pensar qual foi o primeiro site do mundo a ser publicado?

Em suma, o primeiro site do mundo foi criado em 1991, pelo físico do Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (CERN), chamado Tim Berners-Lee. Também responsável por criar a World Wide Web (WWW), no ano de 1989. Portanto, Tim é considerado como o pai da Web.

Ademais, o primeiro site era uma página nomeada ‘The Project’, que inicialmente foi hospedada em um comutador NeXT, criado por Steve Jobs em 1985. Que pertencia a um cientista britânico. Além disso, o site pode ser acessado até hoje, cujo conteúdo conta com descrições dos principais fundamentos da World Wide Web.

O primeiro site do mundo: como foi criado

Techmundo

Durante a Guerra Fria, a World Wide Web foi desenvolvida para que os militares pudessem manter a comunicação entre as bases, mesmo se algo acontecesse ao Pentágono. No entanto, com o fim desse período, a internet deixou de ser usada em sigilo. Então, seu acesso foi liberado aos cientistas, posteriormente às Universidades e por fim foi liberada para toda a população. Dessa forma se tornando a rede mundial de computadores como conhecemos.

Em 6 de agosto de 1991, o primeiro site do mundo, chamado The Project, foi criado pelo pai da Web, Tim Berners-Lee. Inicialmente, o site tinha como objetivo permitir que os profissionais da CERN pudessem trocar informações científicas de seus próprios computadores. Pois, assim não precisariam estar no mesmo espaço físico para saber sobre o andamento sobre determinado projeto. Dessa forma, bastava estar conectado ao servidor online.

Veja

O site The Project continha informações sobre os códigos necessários para que uma página semelhante pudesse ser criada, disponibilizados para os usuários. Em suma, o servidor foi disponibilizado pelo CERN em 1993, para facilitar a disseminação.

Dessa forma, o site disponibilizava referências bibliográficas, contato de todos os envolvidos na criação do projeto e lista com os softwares utilizados. Além disso, a página também servia para demonstrar hipertextos aplicados à internet. E a como criar um navegador, como instalar e configurar um servidor web, etc. Ou seja, o que foi criado inicialmente para troca de informações internas, estava prestes a se tornar na Web como a conhecemos hoje. Já no ano de 1994, havia mais de 10.000 servidores e 10 milhões de usuários na web.

O primeiro site do mundo: como era

Pplware

O primeiro site do mundo foi hospedado em uma máquina NeXT, que ainda se encontra no CERN. E desde 2013, o The Project está disponível para o público, com seu endereço original, da época de sua criação. Em suma, o sistema operacional chamado NeXTSTEP foi considerado como o ideal para a hospedagem do site, por ser multitarefa e ter uma orientação a objeto otimizada.

Da mesma forma de como é hoje, para acessar o site era necessário ter um navegador. Por isso, a página continha informações sobre navegadores para diversas plataformas. Por exemplo, Unix, Macintosh e para a própria NeXT.

Como mencionado anteriormente, o primeiro site do mundo ainda é mantido pelo CERN. No entanto, o órgão, atualmente se dedica a pesquisas e estudo sobre o comportamento de partículas. Quanto ao pai da Web, Tim Berners-Lee, ainda se mantém na ativa e luta contra políticas de censura na web adotadas por governos. Além de defender a neutralidade da rede mundial de computadores.

Linha do tempo

Com School

O primeiro site do Brasil

Uol

Também em 1991, o Brasil lançava seu primeiro site, a Rede Nacional de Pesquisa RNP), ligado a pesquisas científicas que era subordinada ao Ministério de Ciência e Tecnologia. Cujo objetivo era estimular o desenvolvimento tecnológico, além de promover o conhecimento científico.

Mas, foi somente em 1995 que a exploração comercial da internet no Brasil se tornou possível. Isso, graças a uma iniciativa entre o Ministério das Telecomunicações e o Ministério da Ciência e Tecnologia.

Atualmente, a RNP é responsável pela infraestrutura básica de interconexão e informação nacional, além de envolver instituições e centros de pesquisa, universidades e laboratórios. Também utilizam o backbone RNP2 com o objetivo de implementar projetos de pesquisas tecnológicas. Cujo alcance envolve centenas de instituições de ensino superior e de pesquisas, além de redes acadêmicas do exterior.

Enfim, desde a criação do primeiro site do mundo, a internet vem crescendo e se desenvolvendo. Pois, o surgimento da internet possibilitou que uma rede de informação fosse criada, e hoje, essa rede é acessada no mundo todo.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Saiba quais são os sites mais acessados do Brasil. 

Fontes: Museu Weg, Techtudo, News School, Católica

Imagens:  Pplware, TechMundo, Veja, Uol

More in Fatos&Fatos.com