fbpx

Pragas bíblicas – Verdadeiros surtos de algumas espécies de animais

Segundo a Bíblia, Deus escolheu Moisés para liderar a saída do povo hebreu do Egito, onde era escravizado. Em suma, Moisés era hebreu, porém havia sido criado pela filha do faraó, que o encontrou bebê, dentro de um cesto boiando no rio. Então, Moisés foi até faraó para que ele deixasse seu povo ir, mas ele se negava a liberar o povo hebreu. Dessa forma, Deus enviou dez sinais, verdadeiros surtos para convencê-lo, que ficaram conhecidos como as pragas bíblicas.

As dez pragas do Egito consistia em uma série de desastres infligidos por Deus ao Egito, até que faraó mudasse de ideia. Ademais, esse episódio é narrado no Livro de Êxodo, onde conta sobre a água se transformando em sangue, os gafanhotos que devoraram toda a comida, doenças, moscas, etc.

Recentemente, houve diversos surtos de algumas espécies de animais que pareciam verdadeiras pragas bíblicas. Então, segue uma lista com os dez surtos mais surpreendentes.

Pragas bíblicas: 10 surtos de algumas espécies de animais

1 – Gafanhotos

Exame

No ano de 2009, após pesquisas, cientistas descobriram que a serotonina pode mudar o comportamento dos gafanhotos de forma drástica. Em suma, quando o clima está seco, os gafanhotos costumam se empurrar entre si, o que faz com que a substância seja liberada. E isso, faz com que os insetos formem enxames em novos pastos. Dessa forma, em 1875 na cidade de Nebraska, nos Estados Unidos, um enxame reuniu mais de 3,5 trilhões de gafanhotos de uma só vez, como uma das pragas bíblicas.

2 – Algas

Super Abril

Uma das pragas bíblicas foi a transformação da água em sangue. No entanto, essa mudança na coloração da água pode ter sida provocada pelo florescimento algáceo. Em suma, quando plâncton recebe um estímulo de nutrientes, a população se desabrocha e os pigmentos liberados pelas algas fazem com que a água fique na cor vermelha. Ademais, em alguns casos pode ser perigoso, matando peixes e outras espécies, o que prejudica a pescaria.

3 – Pragas bíblicas: Mosquitos

Exame

Segundo o Livro de Êxodo, a quarta praga bíblica é a dos mosquitos. Em suma, esse fenômeno acontece principalmente durante o processo de reprodução. Pois as fêmeas, que se alimentam de sangue, são procuradas por enxames de milhões de machos para acasalar. Portanto, além dos espermas, os mosquitos soltam secreções para estimular a produção de ovos e cada fêmea pode botar 300 ovos em poucos dias.

4 – Efeméridas

Portal R10

Em suma, as efemérides são insetos que costumam emergir na época da primavera. Da mesma forma que os mosquitos, as efemérides adultas formam um enxame para se reproduzirem. Ao final, de tão exausto, os insetos caem no chão, deixando o cenário parecido com uma das pragas bíblicas.

5 – Lagartas

Portal R10

Uma das piores pestes agrícolas é a lagarta da África subsaariana, que podem comer todo tipo de cereal. Por exemplo, milho, trigo e arroz e o que mais acharem pela frente. Enfim, as lagartas costumam aparecer no mês de Outubro, logo se transformam em mariposas e migram em grande grupos, uma verdadeira praga bíblica.

6 – Pragas bíblicas: Queleas

Portal R10

As queleas são pássaros de cor vermelha, que costumam formar grandes concentrações nos céus da África subsaariana, elas se alimentam de grãos e sementes. Enfim, com uma população estimada de 1,5 bilhões de pares, são consideradas a espécie de aves mais abundante do mundo. Portanto, quando há os surtos, se assemelham com as pragas bíblicas.

7 – Lesmas

Super Abril

A lesma pode se proliferar rapidamente, independente do lugar, podendo chegar a 20 cm na fase adulta, uma verdadeira praga bíblica. Embora seja hermafrodita, cada lesma pode produzir milhares de ovos por ano. Como exemplo, lesmas foram levadas para a ilha de Fiji, Oceania. Após quatro anos, em um único dia, 20 toneladas de lesmas foram coletadas na ilha.

8 – Água-viva

Pixabay

Nos últimos anos, houve inúmeros relatos de danos causados por águas-vivas. Por exemplo, águas-vivas entupindo canos de usinas e Israel e virando barcos no Japão. Por isso, cientistas estão debatendo sobre essas situações problemáticas das pragas bíblicas modernas.

9 – Pragas bíblicas: Formigas

Portal R10

As formigas da espécie Anoplolepis gracilipes, podem ser encontradas no oeste da África. No entanto, na década de 30, invadiram a Ilha Natal, na Austrália, após serem transportadas em navios. Em suma, a ilha era conhecida por seus caranguejos vermelhos, mas cerca de um terço da população de caranguejos foram aniquilados pelas Anoplolepis gracilipes em poucos anos. Portanto, acredita-se que essa espécie de formigas tenham formado colônias de mais de duas mil formigas.

10 – Ratos



Portal R10

No século 18, europeus se estabeleceram na Austrália e levaram ratos domesticados, como havia poucos predadores, os ratos logo se multiplicaram. Dessa forma, dependendo do local, mais de 2700 ratos podem ser encontrados, ou seja, um surto desses animais são consideradas como verdadeiras pragas bíblicas.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Pragas urbanas, o que são? Quais perigos oferecem e como evitar.

Fonte: Revista Galileu

Imagens: Wikipedia, Exame, Super Abril, Portal R10, Pixabay

More in Fatos&Fatos.com