Por que você não deve matar as aranhas da sua casa?

Confesse: em algum momento da sua vida você encontrou uma aranha em sua casa. Muitas vezes agindo por impulso, diversas pessoas acabam matando o animal acreditando que estão mantendo suas residências livres de ameaças, mas a verdade é que o efeito pode ser exatamente o contrário.

Em um estudo divulgado no site The Conversation, o entomologista Matt Bertone da Universidade Estadual da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, revelou que as aranhas têm papel fundamental no ecossistema residencial. Segundo o estudioso, elas são predadoras generalistas, logo são capazes de comer insetos mortos em algum cômodo ou até mesmo mosquitos e outros bichinhos voadores capazes de transmitir doenças.

Para Bertone, matar uma aranha pode retirar da sua casa um predador importante para manter o ambiente livro de outros insetos. (Fonte: Shuterstock/Reprodução)Para Bertone, matar uma aranha pode retirar da sua casa um predador importante para manter o ambiente livro de outros insetos. (Fonte: Shuterstock/Reprodução)

“Eu e meus colegas conduzimos uma pesquisa em 50 residências que ficam na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, para descobrir quais artrópodes vivem sob nossos tetos. Todas as casas que visitamos tinham aranhas; as espécies encontradas mais comuns foram as araneomorfas e as aranhas de pernas compridas. Ambas constroem teias nas quais ficam esperando por presas. As aranhas de pernas compridas podem sair para buscar outras aranhas, fingindo ser presas para matar suas ‘primas'”, explicou Bertone.

Outro detalhe importante é o fato de que não há motivos para se preocupar com o grau de periculosidade das aranhas. É verdade que muitas delas possuem veneno, mas as que encontramos em ambientes residenciais geralmente possuem presas pequenas incapazes de machucar um ser humano (elas raramente mordem pessoas), além de seu líquido não ser perigoso o bastante para penetrar a nossa pele e fazer algum mal à saúde.

More in Fatos&Fatos.com