fbpx

O que é uma ditadura? Como funciona, origem e principais características

Provavelmente você já se questionou o que é uma ditadura. Em síntese, ditadura consiste em um regime de caráter autoritário, onde o poder está concentrado nas mãos de alguém ou um grupo. Além disso, essa centralização de poder é mantida através da opressão e violência, tanto psicologia quanto física. 

Ademais, essas ditaduras podem ser de esquerda, direita, motivos religiosos ou monárquicos. E, geralmente, fazem o uso de algo que remeta a democracia, como as eleições, apenas para disfarçar a presença desse governo autoritário. A princípio, o termo vem do latim e foi utilizado na República Romana. Entretanto ela remetia a algo completamente diferente do sentido atual. Isto é, caracterizava alguém que tinha poder pleno apenas por um tempo. 

Em resumo, existem diversos tipos de ditaduras que ocorreram na história. Por exemplo, ditaduras militares, como na Itália, com Benito Mussolini. Ou também, ditadura do proletariado, que acreditava que quando a classe operária tomasse o poder, a sociedade seria igualitária. 

O que é uma ditadura? 

Brasil de Fato

Para compreender o que é uma ditadura, destaca-se por ser um governo onde o poder está concentrado nas mãos de um indivíduo ou grupo. Isto é, um regime político autoritário, mantido pela violência, de caráter excepcional e ilegítimo. Além disso, pode ser conduzido por uma pessoa ou um grupo que impõe seu projeto de governo à sociedade com o auxílio da força.  

Geralmente, os ditadores alcançam o poder através de algum golpe de Estado. Em suma, o que é uma ditadura envolve a presença de censura, falta de eleições transparentes, de liberdade partidária e um intenso controle do Estado na vida dos cidadãos. 

Características de um regime ditador 

Politize

Após compreender o que é uma ditadura, atente-se para as características desse regime. Em síntese, são: 

  • Regime antidemocrático, governado por um ditador. 
  • Marcado por bastante autoritarismo e violência. 
  • Pouca ou nenhuma abertura para debates políticos. 
  • Normalmente, a imprensa, os poderes legislativo e judiciário, e os partidos políticos são oprimidos. Além disso, podem até sendo proibidos de existir. 
  • Várias perseguições contra opositores. 
  • O partido político que está no comando terá a sua ideologia decretada como a única certa. 
  • As ditaduras podem ser de direita ou esquerda, religiosas ou monárquicas 

Por outro lado, algumas utilizam dos recursos democráticos. Por exemplo, as eleições. Desse modo, tentam disfarçar o caráter autoritário presente no governo. 

Origem do termo ditadura 

Politize

A princípio, o termo ditadura é do latim, sendo utilizado inicialmente na República Romana. Ademais, naquele período o ditador possuía poderes plenos por um limitado tempo, e era cedido pelo Senado. Entretanto, esse conceito inicial é bastante diferente do conceito moderno.

Logo, o conceito de o que é uma ditadura consiste em um fenômeno do século XIX e XX. Geralmente, os ditadores são representantes de uma das Forças Armadas ou adquirem o poder através da força. Assim sendo, não é possível existir nenhuma ditadura que sobreviva sem ter o apoio de armas ou violência. Além disso, a repressão pode ser exercida de forma física e psicológica. 

Ditadura X Regime totalitário 

Conhecimento Científico

A princípio, acredita-se que ditadura e regime totalitário apresentam o mesmo significa e forma de atuação. Entretanto, esses conceitos apresentam algumas diferenças uma em relação a outra. Logo, a ditadura trata-se exclusivamente de um regime autoritário, que é comandado por algum líder ou grupo que possuem elevado poder.

Além disso, agem sem o consentimento popular, e fazem o uso da força para permanecer na liderança. Portanto, a ditadura é o contrário de uma democracia, onde a população não opina no que deseja. 

Por outro lado, o totalitarismo é um regime autoritário e que promove esforços para controlar e regular todos os âmbitos da vida pública e privada. Dessa forma, a vida de cada cidadão é monitorada pelo grupo no poder, que controla cada instituição governamental.

Além disso, também é valorizado a lealdade ao partido no comando. Ademais, também envolvem o uso da propaganda política para conquistar e controlar o pensamento da população. Portanto, o totalitarismo é visto como o contrário de pluralismo, um sistema em que há liberdade de pensamento, de crença e respeito aos direitos fundamentais. 

Tipos de ditadura

1 – Militar 

Brasil de Fato

Após entender o que é uma ditadura, a ditadura militar é um dos exemplos que é mais conhecido. Em suma, ela é aquela exercida por um militar ou um grupo de militares. Ademais, ocorre quando as forças militares tomam o poder, através do uso de seu próprio arsenal bélico. E, devido a força que tal segmento do Estado possui, ocorreram diversas ditaduras militares. Logo, quando as forças armadas se insurgem contra o poder político estabelecido, é muito difícil contra-atacar.

Por exemplo, como ocorreu com Napoleão Bonaparte, que se proclamou Primeiro-Cônsul da França, após o Golpe do 18 do Brumário.  

Desse modo, o poder civil passou a ser exercido por um general que concentrava todos os poderes para si mesmo. Além disso, tiveram outras ditaduras, como na Itália, com Benito Mussolini (1922 a 1943), na Alemanha, com Adolf Hitler (1933 a 1945), e na União Soviética, com Josef Stalin (1922 a 1953). Mas também, ocorrido na África e na Ásia, como a Líbia, liderada por Kadafi (1969 – 2011) ou o Camboja, governado por Pol Pot (1963 a 1979). 

2 – Ditadura do proletariado 

Politize

A ditadura do proletariado consiste em uma expressão criada pelo filósofo Karl Marx. Ademais, segundo ele, quando a classe operária tomasse o poder, a sociedade seria igualitária. Dessa maneira, o modo de produção socialista seria instalado e a burguesia não existiria. Por isso, a ditadura do proletariado faz referência à implantação do comunismo, onde as diferenças de classe seriam superadas. Logo, ocorreria o estágio final da história da humanidade. 

3 – Ditadura no Brasil 

Aventuras na História

O Brasil enfrentou ditaduras em dois períodos da sua história. A princípio, ocorreu durante o governo de Getúlio Vargas, enquanto estava o Estado Novo, entre 1937 a 1945. Por outro lado, também teve a ditadura militar, que ocorreu entre 1964 a 1985. Em resumo, ambas as ditaduras foram instaladas após um golpe de Estado contra um governo democrático. Assim sendo, instauraram a censura, os opositores foram perseguidos e as liberdades individuais foram restringidas. 

4 – Fascista 

Toda Matéria

O fascismo também se caracteriza como um tipo de ditadura. Pois, envolve a presença de um líder autoritário, a censura e o uso da força bruta. Além disso, também incluiu características como o ultranacionalismo, o belicismo e por ideias populistas. 

Se gostou desse post, também vai gostar desse: Lei Marcial, o que é? Para que serve, diretrizes e diferenças da Ditadura. 

Fontes: Politize, Toda Matéria, Brasil Escola 

Imagens: Politize, Brasil de Fato, Conhecimento Científico, Aventuras na História

More in Fatos&Fatos.com