O que é moela? Conheça o membro do sistema digestório das aves

Provavelmente você já ouviu falar da moela como parte de uma refeição, mas sabe o que é moela? Em primeiro lugar, esse nome designa um órgão especial do aparelho digestivo principalmente das aves. Porém, existem outros animais que também apresentam esse mecanismo, como é o caso de alguns peixes específicos na natureza.

No geral, esse órgão pode referir-se a partes diferentes dos animais, a depender da espécie. Comumente, é encontrada em alguns animais vertebrados e invertebrados, sendo um membro muscularizado do sistema digestivo. Entretanto, nas aves costuma estar localizada na lateral do estômago.

A princípio, a digestão das aves inicia por meio da dilatação do esôfago, ou papo. Basicamente, esse membro serve para armazenar o alimento e também deixá-lo mais macio. Logo em seguida, o alimento se encaminha para o estômago, dividido entre a moela e o proventrículo.

Sobretudo, o proventrículo é conhecido como estômago químico, onde o alimento é misturado às enzimas digestórias. Posteriormente, o bolo digestivo é transferido para a moela, também chamado de estômago mecânico.

Qual é a função e quais são os animais que a tem?

Em resumo, a moela é uma espécie de estômago muscular, onde ocorre a trituração e maceração do alimento amolecido pela moela e processado pelo estômago químico. Sendo assim, apresenta uma estrutura fibrosa e muscular para processar o alimento transmitido pelo proventrículo. Ademais, tem uma grande resistência à ação do ácido clorídrico, encontrado em algumas rações.

A princípio, existem algumas espécies de aves que ainda engolem pequenas pedras para auxiliar na trituração do alimento na moela. Desse modo, essas pedras atuam como os dentes que as espécies perderam ao longo da evolução.

No geral, esse membro é mais encontrado nas aves, como os emus, perus, galinhas e patos. Por outro lado, alguns peixes e répteis também apresentam uma estrutura semelhante, em especial os jacarés e crocodilos.

Curiosamente, acredita-se que os dinossauros possuíam moelas. Entretanto, as pesquisas sobre esse assunto ainda estão em andamento, tendo em vista que foi baseada em vestígios fósseis. Porém, acredita-se que espécies como o psitacossauro apresentavam uma estrutura ancestral à encontrada nos animais atualmente.

O que é moela? Conheça esse membro do sistema digestório das aves
Fonte: Receitinhas

A moela na gastronomia

Primeiramente, a moela na gastronomia pode se referir tanto a algumas partes do gado quanto às do frango. No geral, a moela do gado costuma fazer parte da culinária em países como Argentina, Paraguai e Uruguai. Além disso, pode ser encontrado em assados e ensopados no México.

Em contrapartida, a moela de frango integra a culinária do Chile, Colômbia, Equador e Peru. Comumente, esse órgão é cozido e misturado com legumes e arroz. Porém, também faz parte da culinária brasileira, sendo consumido principalmente com purê de batata ou angu de milho, a depender da região.

Apesar disso, o tipo de moela mais consumido no mundo tende a ser de bovinos, ovelhas e até de porcos. Nesse sentido, esses membros integram a culinária europeia e norte-americana. Entretanto, tende a ter um gosto mais peculiar nesses casos e demanda uma preparação diferenciada de acordo com cada costume.

No geral, a moela integra a classificação de miúdos ou vísceras dos animais. Ou seja, assim como o fígado bovino ou coração de frango, correspondem às entranhas do animal. Desse modo, consumir moela na comida tende a dividir opiniões, pois há quem goste e quem não aceite de forma alguma.

E aí, gostou de entender o que é moela? Então leia sobre Bigode de gato, o que é? Função, cuidados e curiosidades.

Fontes: Mundo Educação | OQE? | CPT 

Imagens: Pixabay | Receitinhas

More in Fatos&Fatos.com