O que é cor? Definição, propriedades e simbolismos

Em suma, a cor é o subproduto visual do espectro da luz, pois ela é transmitida através de um meio transparente ou quando é absorvida e refletida em uma superfície. Desse modo, as cores são os comprimentos de onda de luz que o olho humano recebe e processa de uma fonte refletida. Além disso, elas são formadas por três propriedades essenciais: matiz, valor e saturação ou intensidade.

Para esclarecer, matiz é outra palavra para cor. Além disso, é um termo que descreve uma dimensão que experimentamos prontamente quando olhamos para a cor, ou seja, sua forma mais pura. Já o valor se refere à claridade ou escuridão de uma cor. Por exemplo, rosa é um tom de vermelho e o verde floresta é um tom de verde.

Por último, a intensidade se refere ao brilho ou opacidade de uma cor, como um amarelo brilhante ou um amarelo fosco. Continue lendo para saber mais sobre essas dimensões abaixo.

Como as cores são formadas?

Fonte: Pxhere

Existem duas fontes principais de luz que criam as cores que vemos: o sol e as lâmpadas. Assim, a luz do sol nos permite ver coisas durante o dia e também durante a noite, quando a luz do sol reflete na lua. Existe um espectro visível de cores que podemos ver além da combinação de todas as cores (branco) e da ausência delas (preto).

As superfícies refletem e absorvem a luz de maneira diferente, o que resulta nas cores que vemos através de nossos olhos. Portanto, a luz colorida entra no olho através da pupila, atravessa a lente e atinge a parte posterior do olho chamada retina.

Na retina, há um monte de sensores de luz chamados bastonetes e cones. Esses bastonetes e cones enviam um sinal ao cérebro sobre o que o olho está vendo. Os cones são capazes de ver três cores: vermelho, verde e azul. Elas são conhecidas como cores primárias (modelo RGB).

Uma outra teoria amplamente aceita é baseada na ideia de que todas as cores, ou matizes, são derivadas das três cores primárias: vermelho, amarelo e azul. Todas as outras cores ou matizes vêm de misturas dessas primárias. Dessa forma, as cores são divididas em primárias, secundárias, terciárias e neutras conforme descrito abaixo:

  • Primárias: vermelho, amarelo e azul
  • Secundárias: verde, laranja e roxo
  • Terciárias: amarelo-escuro, vermelho-claro, vinho, azul-turquesa e amarelo-claro
  • Neutras: preto, branco e cinza

Propriedades das cores

Matiz

Fonte: Pxhere

Uma mistura adicional de matizes produz muitas outras cores e gradações. Cores mistas podem ser consideradas parentes porque têm ancestrais comuns. Portanto, qualquer cor misturada se encaixa na roda de cores de acordo com a quantidade de vermelho, amarelo ou azul que ela contém.

Uma cor pura é geralmente referida como “matiz”. Assim, o valor de um matiz é ajustado pela adição de preto puro ou branco puro. O valor é a medida da quantidade de preto ou branco misturado em um matiz puro. Ao adicionar preto à cor, o valor torna-se mais escuro, resultando no que é conhecido como um “tom”. Quando o branco é adicionado a uma cor, o resultado é um valor mais claro, conhecido como “matiz”.

Valor

O que é cor? definição, propriedades e simbolismos
Fonte: Pxhere

O valor é a segunda dimensão e descreve a claridade ou escuridão de um matiz. As cores seguem uma ordem natural. Conforme mencionado anteriormente, é possível obter valores diferentes adicionando preto ou branco a uma matiz. Além disso, todos os valores podem ser medidos usando uma escala, que teoricamente tem um número infinito de valores.

Saturação ou intensidade

Fonte: Pxhere

A terceira característica da cor é a intensidade, que indica o seu brilho ou opacidade, ou seja, sua força ou sua fraqueza. A intensidade descreve a distância da cor do cinza na roda de cores. À medida que as cores diminuem em brilho, em direção ao cinza neutro ou branco, elas são consideradas opacas ou de baixa intensidade.

Assim, a intensidade é ajustada adicionando cores adicionais ao matiz puro. Em outras palavras, de certa forma, a intensidade pode ser medida pela quantidade de cinza na tonalidade.

Simbolismo e significados das cores

O simbolismo da cor é o seu uso como representação ou significado de algo que geralmente é específico de uma determinada cultura ou sociedade. Contexto, cultura e tempo são certamente fatores importantes a serem considerados ao se pensar sobre este simbolismo. Como resultado, as matizes principais tem os seguintes significados atribuídos:

Simbolismo das matizes primárias

Fonte: Pxhere

Vermelho

O vermelho pode simbolizar vários valores conflitantes juntos, como amor e ódio, vida e morte. Também representa paixão, tentação, fogo, sangue, proibido, emoção, raiva, agressão, força, poder, poder, luxo, energia, perseverança, luta e determinação.

Azul

O azul nos lembra em primeiro lugar a natureza e o infinito já que nos lembra diretamente o mar e o céu. Desse modo, o azul é uma cor que simboliza paz, calma, serenidade, frescura mas também sensibilidade.

Amarelo

O amarelo é um tom alegre e vivo que representa alegria, energia, tom francês e vitalidade. Por outro lado, pode simbolizar a doçura e inteligência. Por representar o ouro, também se refere à riqueza e opulência.

Simbolismo das matizes neutras

Fonte: Pxhere

Branco

O branco representa principalmente valores positivos como pureza, bem como equilíbrio ou inocência. Também nos faz pensar na calma, paz e serenidade. Ademais, o branco fornece luz e dá uma sensação de frescor.

Cinza

O cinza tem valores bastante negativos, pois é uma cor opaca. Nesse sentido, ela simboliza tristeza, depressão, confusão, solidão e monotonia.

Preto

O preto simboliza valores opacos e negativos. Por isso, o preto nos lembra o medo, a ansiedade, o desconhecido, a perda, o vazio e a morte.

Simbolismo das matizes terciárias

O que é cor? definição, propriedades e simbolismos
Fonte: Pxhere

Laranja

O laranja é um tom muito brilhante que simboliza valores como coragem, inteligência, lealdade, confiança e desconfiança simultaneamente, embora sejam valores conflitantes. Também representa calor e radiação.

Verde

Verde lembra a natureza, a vida, e representa equilíbrio, permissão e frescor, mas também pode simbolizar felicidade, harmonia, sucesso, energia, otimismo, juventude, paz e serenidade.

Roxo

Por fim, o roxo simboliza sutileza, mistério, romance, idealismo, proteção e melancolia. Ademais, ela também simboliza frescor, pureza, paz e luxo.

Marrom

O marrom nos faz pensar na natureza, pois simboliza a terra, os troncos das árvores e até os pelos de alguns animais. Portanto, refere-se ao mundo animal e vegetal. É por isso que o marrom simboliza valores como natural, rústico, robustez, estabilidade, calor, conforto, mas também suavidade e segurança.

Rosa

Rosa simboliza os valores positivos, como inocência, doçura, romance, doce. Essa cor também pode transmitir calma, paz, serenidade, bem como tranquilidade e confiança.

Se gostou deste conteúdo, não deixe de ler também: Bandeira do Brasil, qual o verdadeiro significado de suas cores?

Fontes: Brasil Escola, Conceito, Significados, Deltae

Fotos: Pxhere

More in Fatos&Fatos.com