fbpx

Ninfas, quem foram? História e importância para a mitologia grega

Ninfas eram figuras mitológicas na Grécia Antiga, ligadas a elementos naturais. Em suma, os gregos acreditavam que as ninfas viviam em lagos, montanhas, campos e bosques. Além de serem responsáveis por levar felicidade e alegria para as pessoas, eram uma espécie de deusas-espírito da natureza que representavam o dom de fertilidade da natureza. Por fim, os gregos antigos eram muito devotos às ninfas, por isso, costumavam prestar homenagens a elas.

A palavra ninfa (Nimphe) possui significados variados, como ‘noiva’, ‘moça’, ‘mulher jovem’ ou ‘botão de rosa’ e eram consideradas como a personificação de características de deuses e deusas gregas. Inclusive, algumas dessas figuras mitológicas eram aladas, como a Hérmia, por exemplo, considerada a deusa rainha de todas as ninfas.

Além disso, as ninfas serviram de fonte de inspiração para a arte greco-romana, emprestando suas características a seres mitológicos de culturas posteriores. Por exemplo, os elfos, fadas e gnomos.

Por fim, as ninfas eram seres da natureza espiritual na mitologia grega, cuja personificação era a de mulheres jovens e atraentes. Além disso, eram protetoras das regiões em que habitavam e também, companheiras de diversos deuses, com quem tiveram relacionamentos. Hoje, a figura construída sobre as ninfas é utilizada para falar de termos relativos a biologia, geografia e psicologia.

Ninfas: quem eram

Mitologia Grega

De acordo com a mitologia grega, as ninfas eram divindades benéficas que representavam elementos da natureza. Em suma, as ninfas viviam por muitos anos sem jamais envelhecer, permanecendo jovens, belas e graciosas. No entanto, não eram imortais, mas, despertavam a paixão de deuses e homens.

Ademais, habitavam em fontes, lagos, rios, riachos, mares, bosques, florestas, prados e montanhas. Onde podiam viver livres e independentes, além de auxiliar os deuses em suas funções. Além disso, as ninfas eram ligadas a terra e a água, sendo classificadas de acordo com o lugar em que habitavam.

Geralmente, essas figuras mitológicas eram descritas usando vestidos leves, esvoaçantes e quase transparentes, com cabelos compridos soltos ou entrelaçados. Segundo a lenda, as ninfas raptavam um mortal quando se apaixonavam por ele, como o mortal Hilas da lenda de Hércules, que ao retirar água de uma fonte foi raptado por uma delas.

Wikipedia

Da mesma forma, Hermafrodito, que ao banhar-se em uma fonte, despertou o amor da ninfa Salmacis. Que o abraçou e pediu aos deuses para que fundissem seus corpos em um só. Já a ninfa Eco, se apaixonou por Narciso, como não foi correspondida se reduziu a uma voz que continuou se lamentando pelas florestas e montes.

Enfim, as ninfas eram amadas por deuses, como Zeus, Apolo, Dionísio e Hermes, porém, também são retratadas na mitologia em diversas aventuras sexuais. Por exemplo, com humanos e sátiros, o que serviu de inspiração para pintores de várias épocas que retrataram cenas eróticas. Dessa forma, acabou contribuindo para transformas as ninfas em símbolos da sexualidade feminina, de onde saiu as palavras ninfomania e ninfeta, ambas com denotação sexual.

A lenda das Ninfas

Escola Educação

De acordo com a lenda, as ninfas são figuras mitológicas pertencentes a uma grande categoria de deusa-espírito da natureza, podendo estar ligadas a um local ou um objeto em particular. Além disso,  eram consideradas como a personificação da graça criativa e fecundadora na natureza.

Em suma, as ninfas são divididas em classes, uma em especial é a Melíades, que foram citadas por Homero como sendo as mais ancestrais das ninfas. Enquanto que outras são filhas de Zeus, as Melíades são descendentes de Uranus. Enfim, elas eram adoradas e homenageadas por todo o mundo Helénico, pois, como representantes da Terra-Mãe, tinham o dom de profetizar, curar e nutrir. Segundo a lenda, todas as ninfas são descendentes de Geia (Terra-Mãe).

Ninfas mais famosas da história:

  • Amalthea – de fama cornucópia
  • Anna Perenna – conhecida em conexão com outro feriado de Idos de Março
  • Arethusa – seguidora de Ártemis que sacrificou muito por sua castidade
  • Calypso – ninfa-deusa que entreteve Odisseu
  • Creusa – filha de Gaia e do deus do rio Peneus
  • Echo (Eco) – cujo nome ouvimos em certas repetições
  • Egeria – foi quem cuidou do herói fundador de Atenas, filho de Teseu, chamado Hipólito. Também ensinou o segundo rei de Roma, Numa Pompilius.
  • Harmonia – se relacionou com Ares para produzir as Amazonas. Ademais, o colar da Harmonia aparece na história de Cadmo de Tebas.
  • Syrinx – um instrumento de sopro e um atributo de Pan
  • Tétis – conectada com Aquiles e Hefesto
  • Thousa – mãe de Polifemo, o ciclope da Odisseia.

Os tipos de Ninfas

As ninfas que habitam as águas

Amino
  • Oceânidas – ninfas do alto-mar – nasceram do Oceano e Tétis.
  • Nereidas – ninfas dos mares internos – nasceram de Nereu (velho do mar) e Doris.
  • Potâmidas – dos rios
  • Náiades – dos ribeiros e riachos
  • Crenéias – das Fontes
  • Pegéias – das nascentes
  • Limneidas – dos lagos e lagoas
  • Heleiades: associadas aos pântanos.

As ninfas que habitam o meio terrestre

Mitologia Grega
  • Napéias – ninfas dos vales e selvas
  • Oréadas – das montanhas e colinas
  • Dríadas – das florestas
  • Hamadríadas – das árvores, em especial o carvalho
  • Melíades – dos freixos

Além disso, tinham as ninfas Agrónomides ou Agrónomos, que habitavam os campos cultivados, são elas:

  • Epimélide – ninfas dos pomares
  • Perimélides – representam o gado e também os rebanhos

As Urânias

Pinterest

Esse é o grupo de ninfas associadas aos céus, são elas:

  • Neféles – filhas de Hemera, tanto por geração espontânea como resultado de sua união com Éter. Portanto, são as ninfas das nuvens.
  • Auras – são as ninfas que representam as brisas e o vento.

As Asterias

Blog Abacaxi e Hortelã

Em suma, é o grupo de ninfas que representam os astros e as estrelas, são elas:

  • Híades – são filhas de Atlas e irmãs de Hías. Enfim, foram as responsáveis por cuidar de Dionísio. Dessa forma, elas representam as estrelas que orientam as navegações.
  • Plêiades – representam a chuva, além disso, são filhas de Pleione e Atlas e irmãs de Híades.
  • Hespérides – são filhas de Atlas e Hespéria, associadas ao entardecer. Segundo a mitologia grega, elas foram as responsáveis por cuidar do jardim onde cresciam os pomos de ouro que dava a imortalidade para quem os comessem.

As musas

Mitologia Grega

Originalmente, as musas da mitologia grega eram ninfas. Dessa forma, dizemos que as musas possuem a capacidade de inspirar a criação artística ou científica de alguém. Na verdade, esse ideal surgiu na mitologia grega como referência às 9 filhas de Mnemósine (titânide relacionada à memória) e Zeus.

Inicialmente, consideradas como ninfas dos rios e lagos, serviam de inspiração para músicos e poetas, cuja origem está relacionada com perpetuar a glória dos deuses do Olimpo. Enfim, os locais onde as musas habitavam eram chamados de Museion (deu origem a palavra museu).

As 9 musas do Olimpo são:

  • Calíope: poesia épica
  • Clio: história
  • Erato: poesia lírica ou erótica
  • Euterpe: música
  • Melpômene: tragédia
  • Polímnia: poesia sacra
  • Tália: comédia
  • Terpsícore: dança
  • Urânia: astrologia

Curiosidades

Hiper Cultura
  • Assim como as ninfas, os sátiros são figuras mitológicas, seres da natureza que viviam em campos e bosques e mantinham relações com as ninfas.
  • Na cultura indiana, as ninfas são representadas pelas apsarás, que são espíritos femininos das nuvens e das águas de acordo com a mitologia Hindu e Budista.
  • Já no folclore e mitologia celta, as ninfas eram representadas pelas gwragedd annwn, que eram figuras femininas representadas como fadas que viviam em lagos e rios.
  • Na mitologia romana, os seres referentes às ninfas eram as camelas, conhecidas como deusas da primavera e das fontes das águas de Vênus.
  • No ano de 1824, o botânico alemão Carl Friedrich Philipp von Martius criou a primeira classificação da flora brasileira. Nela, havia cinco províncias, cujos nomes foram escolhidos a partir de nomes de ninfas da mitologia grega. São eles: Napéias (Sul do Brasil), Naiades (Floresta Amazônica), Oréades (Cerrado), Dríades (Mata Atlântica) e Hamadríades (Caatinga).

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Mitologia grega – Importância histórica, principais deuses e criaturas. 

Fontes: Portal São Francisco, Sua Pesquisa, Greelane, Mitologia Grega, Hiper Cultura

Imagens: Escola Educação, Amino, Blog Abacaxi e Hortelã, Pinterest

More in Fatos&Fatos.com