fbpx

Ilha Brasil – A lenda da misteriosa ilha que vagava pelo Atlântico

Todos nós aprendemos na escola que a origem do nome do nosso país é devido a grande quantidade de pau-brasil que era encontrado aqui. Além disso, antes de receber o nome de Brasil, se chamava Ilha de Vera Cruz e posteriormente, Terra de Santa Cruz. Mas, a verdade é que o nome Brasil já existia muito antes das Grandes Navegações chegarem às Américas. Era o nome de uma ilha fantástica e inalcançável que flutuava pelo Atlântico, chamada Ilha Brasil ou Hy-Brasil.

Aparentemente, a origem da história sobre a ilha surgiu entre os povos celtas que habitavam na Irlanda da Idade Média. De acordo com a lenda, existia uma ilha de formato circular perfeito toda coberta por neblina, que vagava pelo oceano. No entanto, a cada sete anos, toda a neblina se dissipava e a terra podia ser avistada.

Então, a lenda se espalhou pela Europa, onde foi contada e recontada diversas vezes. Inclusive a ilha chegou a ser incluída em trabalhos cartográficos até o início do século 19. Sendo que o primeiro mapa em que ela apareceu foi em um mapa genovês em 1325, posteriormente, em um atlas catalão, em 1375.

Ilha Brasil

Observatório

Antes mesmo do Brasil ser colonizado e ser batizado com esse nome, existia a Ilha Brasil. Também chamada de Ilha de São Brandão, Brasil de São Brandão, Hy-Brasil ou até mesmo Atlântida Irlandesa.  Em suma, era uma ilha localizada a oeste do continente europeu, cerca de 321 km da costa da Irlanda.

Primeiramente, a ilha aparece em um mapa da Catalunha de 1325-1330. Posteriormente, no mapa de Dulcert de 1339, no mapa dos irmãos Pizagani de 1375-1378, no mapa do cartógrafo veneziano Andrea Bianco de 1436. Por fim, no mapa atlântico do cartógrafo veneziano Zuane Pizzigano e no mapa anônimo chamado de Weimar, ambos de 1424. Juntamente com o arquipélago dos Açores, e as ilhas Antília, Satanazes, Saya e Ymana.

Mega Curioso

No entanto, a localização da Ilha Brasil costuma ser diferente de um mapa para outro. Desde seu lugar inicial, a oeste da Irlanda, a posição migrou para oeste, primeiro para os Açores, depois para Caraíbas e por fim, no litoral do atual Brasil. No entanto, muitos afirmam que se trata de uma lenda, apesar de não terem uma explicação porque a ilha aparece em tantos mapas. Inclusive, alguns acreditam que o nome do nosso país tenha vindo da tal ilha e não do pau-brasil encontrado pelos portugueses.

A lenda da Ilha Brasil

Freepik

De acordo com a lenda, a Ilha Brasil era um lugar mitológico, mágico e sagrado, habitado por fadas e divindades. Inclusive, o nome da ilha foi inspirado em um semideus chamado Breasal, grande rei do mundo e que vivia no país Hy-Brasil (“Hy” vem de “í”, abreviação de “island”, ou ilha).

Segundo estudiosos, a ilha seria uma representação simbólica do chamado ‘Outro Mundo’, expressão usada pelos celtas para explicar algo inexplicável. Por exemplo, a morte não era o fim, pois a vida continuaria em outro lugar como a Hy-Brasil. Em suma, para os celtas, a ilha seria o habitat de uma população avançada tecnologicamente, com torres de telhado de ouro, domos gigantescos e animais saudáveis.

Já em outras versões da lenda, o lugar seria padres e monges guardiões do conhecimento ancestral. Conhecimento esse que possibilitou a criação de uma civilização avançada.

Enfim, no século 7, o monge irlandês chamado São Brandão foi o primeiro a sair da Irlanda em busca da Ilha Brasil. Atualmente, os relatos de sua viagem estão na biblioteca do Trinity College e estudiosos acreditam que o monge possa ter chegado na América séculos antes dos europeus.

A verdadeira origem do nome

TNH1

Acredita-se que o Brasil da ilha seja proveniente do irlandês ‘Uí Breasail’, cujo significado é ‘os descendentes de Bresail’, um dos maiores clãs da Irlanda.

No entanto, outras teorias associam o vocábulo ao nome dado na Irlanda ao cinábrio (sulfeto de mercúrio), mineral de cor vermelha brilhante. Usado desde a antiguidade como base para corantes usados em pintura corporal.

Portanto, o vocábulo O´Brasil (os do vermelho) era usado para se referir aos gregos e fenícios que deixaram de comerciar o cinábrio com os celtas. Como desapareceram na névoa do Atlântico, os celtas acreditavam que se tratava de um povo mítico e afortunado. Que nunca mais voltou à Irlanda por estar vivendo feliz na misteriosa Ilha Brasil.

Em busca da Ilha Brasil

R7

A Ilha Brasil ou ilha Hy-Brasil, foi muito procurada ao longo dos séculos. De acordo com um manuscrito de 1636, um certo capitão Rich e seus marinheiros teriam avistado uma ilha a oeste do litoral, antes dela sumir na névoa. Dessa forma, em 1675, a suposta descoberta da ilha inspirou um livro que se tornou best-seller na Inglaterra, chamado O’Brazile ou A Ilha Encantada.

Mas, foi em 1674, que o Capitão irlandês John Nisbet of Killybegs afirmou ter encontrado a ilha Brasil em uma viagem que fizera da França para a Irlanda. E ainda afirmou ter conversado com o único habitante da ilha, um homem velho que morava em um castelo que parecia mágico, cercado por grandes coelhos pretos. No entanto, acredita-se que seus relatos sejam na verdade uma obra de ficção do escritor Richard Head.

Por fim, o último relato sobre a ilha foi em 1874, do arqueólogo amador e escritor T. J. Westropp e diversas testemunhas que o acompanhavam. Em suma, eles viram a ilha aparecer e desaparecer completamente no oceano Atlântico. Inclusive, o escritor afirmava que era a terceira vez que conseguia avistar a Hy-Brasil, mas, naquela viagem em especial levara sua mãe e amigos para comprovar a veracidade de seu relato.

De acordo com historiadores, a misteriosa Ilha Brasil seria na verdade uma das várias ilhas intocadas na costa da Irlanda. Sendo uma delas a Ilha Aran, intocada desde 20d.C. Já a outra, seria a Ilha de Inishmeer, que possui algumas características atribuídas a Ilha Brasil.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Atlântida – Origem e história dessa cidade lendária

Fontes: Observatório, R7, Istoé, 360Meridianos

Imagens: Youtube, Mega Curioso, Freepik, TNH1

More in Fatos&Fatos.com