fbpx

História do WhatsApp – Origem e a evolução dos recursos do aplicativo

O WhatsApp é um dos aplicativos mais populares da atualidade, por isso é bastante utilizado por todo o mundo. Em suma, o aplicativo possibilita realizar a troca de mensagens, áudios, vídeos e fotos pela internet, o que facilitou muito a comunicação entre as pessoas. Pensando nisso, você conhece a história do WhatsApp? Bom, sua história envolve diversas questões e inovações realizadas para a melhoria do App desde sua criação.

A princípio, o programa foi oficialmente fundado em fevereiro de 2009, pelos criadores Brian Acton e Jan Koum. No entanto, ele surgiu como uma forma de conectar diretamente a lista de contatos do Smartphone do usuário, e exibir um pequeno status ao longo de cada nome.

Posteriormente, o WhatsApp adquiriu a função de emitir notificações. Desse modo, era possível se comunicar com os amigos e familiares de forma instantânea. Além disso, com o passar do tempo, surgiram diversas inovações. Enfim, surgiram formas de enviar fotos, vídeos, áudios, e realizar chamadas de vídeo e áudio, entre outras funções.

Dessa forma, o WhatsApp se tornou uma ferramenta importante para agilizar a comunicação e ampliar a interação, seja entre pessoas, ou entre empresas/ marcas e seu público.

O que é WhatsApp?

Tecmundo

Segundo a história do WhatsApp, trata-se de um aplicativo que realiza a troca de mensagens, áudios, vídeos e fotos pela internet. Ademais, ele está disponível para Smartphones IOS, Android, Nokia, Windows Phone, e computadores Mac e Windows. Em síntese, o aplicativo apresenta mais de 1,5 bilhões de usuários ativos mensais em mais de 180 países. Por outro lado, o nome WhatsApp consiste em uma forma humorada da expressão “What’s Up?”, que é traduzida como “E ai, como vai?”

A história do WhatsApp

Olhar Digital

Inicialmente, Jan Koum nasceu e cresceu em um vilarejo próximo a Kiev, na Ucrânia. Ademais, é filho único de uma família pobre, mas aos seus 16 anos se mudou para o Vale do Silício, nos Estados Unidos. Pois, estava fugindo, juntamente com a sua mãe, de uma crise política e de violência antissemita do seu país.

Logo, ele acabou aprendendo sozinho o inglês e o básico da ciência da computação. Posteriormente, em 1997, começou a trabalhar na Yahoo, onde conheceu Brian Acton, e se tornaram amigos. Dessa forma, em 2007, saíram do Yahoo e tentaram trabalhar no Facebook, mas foram rejeitados. Em seguida, em 2009, Koum comprou o seu primeiro iphone, vendo que a recém-lançada App Store fazia o maior sucesso. Por isso, pensou em desenvolver o seu próprio app.

Portanto, a história do WhatsApp começou com a ideia de desenvolver um aplicativo que conectaria diretamente à lista de contatos do Smartphone do usuário, exibindo um pequeno status ao lado de cada nome.

Então, Koum e Actom receberam a ajuda do russo Igor Solomennikov, responsável pela primeira programação do app. Os três se conheceram em uma reunião de amigos em comum e o programador aceitou na hora o convite para ajudá-los. Entretanto, a primeira versão do aplicativo era muito instável.

Dessa forma, em fevereiro de 2009, a empresa WhatsApp Inc. foi oficialmente fundada nos EUA e a primeira versão do mensageiro apareceu na App Store. Assim sendo, os fundadores foram Brian Acton e Jan Koum. Por fim, em fevereiro de 2014 o WhatsApp foi comprado pelo Facebook. No entanto, continuou operando como um aplicativo independente.

História do WhatsApp 2.0

Exame

Continuando com a história do WhatsApp, chegamos ao Whatsapp 2.0. Em suma, em junho de 2009, o WhatsApp adquiriu a função de emitir notificações. Assim sendo, quando um contato na agenda mudasse o seu status, todos os seus amigos recebiam um alerta. Desse modo, as pessoas utilizavam como forma de conversar com os seus amigos. Então, Koum notou a possibilidade de desenvolver o WhatsApp para se tornar um aplicativo de mensagens.

Ademais, os concorrentes na época eram o BBM, o G-Talk, e o Skype. No entanto, no WhatsApp qualquer pessoa poderia acessar a plataforma através do seu número de telefone. Portanto, em agosto de 2009, o WhatsApp 2.0 chegou à App Store, com a função de troca de mensagens. Consequentemente, ele se popularizou, duplicando o número de usuários, se tornando um grande sucesso.

Como era o primeiro design do App?

Techmundo

De acordo com a história do WhatsApp, após ocorrer à transição de um simples visualizador de status para um aplicativo de mensagens instantâneas, o App passou a ser altamente baixado por diversos usuários espalhados pelo mundo. A princípio, a versão inicial era voltada para mensagens enviadas e recebidas a partir do número da agenda telefônica do usuário.

Com o crescente número de usuários, o co-fundador do WhatsApp, Brian Acton, convenceu cinco funcionários do Yahoo a investirem 250 mil dólares na empresa. Com essas doações, foi possível adquiri um suporte maios, possibilitando a criação de novas atualizações, que além de impulsionar o crescimento do aplicativo, a empresa começou a chamar a atenção de inúmeros negociadores.

Por fim, com as novas atualizações, tornou possível enviar e receber fotos. Em seguida, no ano de 2015 e 2016, o recurso de chamada de voz e de vídeo foram inseridos ao aplicativo.

O aplicativo do WhatsApp foi comprado pelo Facebook

Uol

Um marco para a história do WhatsApp foi sua compra pelo Facebook. Em suma, em fevereiro de 2014, o Facebook fechou a compra do WhatsApp por US$ 19 bilhões, após alguns meses de investimentos que avaliou a startup em US$ 1,5 bilhão. Desse modo, o chefe permitiu que Acton, Koum e sua equipe inserissem o recurso de chamadas de áudio e vídeo.

No entanto, antes do Facebook, o Google realizou uma oferta de compra pela startup no valor de US$ 10 bilhões. Mas, ele não foi fechado, pois oferecia um valor menor e a empresa não daria ao aplicativo uma vaga em seu conselho administrativo.

Enfim, em agosto de 2014 o WhatsApp já era o aplicativo de mensagens mais popular do mundo, apresentando 600 milhões de usuários ativos mensalmente. Posteriormente, em janeiro de 2015, alcançou 700 milhões, com mais de 30 bilhões de mensagens enviadas todos os dias.

Em 2016 alcançou 1 bilhão de usuários

Uol

Um fato importante na história do WhatsApp foi ter chegado a marca de 1 bilhão de usuários no ano de 2016. Ademais, no mesmo ano, a equipe do aplicativo tinha cerca de 100 funcionários, tendo 57 engenheiros de software. Além disso, nesse ano o App deixou de cobrar US$ 1 a cada 12 meses, se tornando 100% gratuito e sem anúncios de empresas. Posteriormente, os fundadores do WhatsApp discutiram sobre a possibilidade do aplicativo ser monetizado ou não.

Em suma, Brian Acton e Jan Koum eram contra o uso de anúncios como forma de monetizar o aplicativo. No entanto, Mark Zuckerberg discordava. Por isso, em 2017, surgiu o WhatsApp Business, uma versão gratuita voltada para as empresas.

História do WhatsApp: o aplicativo atualmente

Uol

Com o desenrolar da história do WhatsApp ao longo dos anos, o aplicativo foi se aperfeiçoando e desenvolvendo novas funções. Em suma, atualmente é possível enviar fotos, vídeos, figurinhas (stickers), localização em tempo real, GIFs e realizar ligações de áudio ou vídeo. Além disso, o programa prioriza a privacidade de seus usuários. Logo, foi estabelecida a criptografia de ponta a ponta para proteger as conversas.

Entretanto, essa medida já ocasionou diversos conflitos com autoridades de alguns países. Pois, eles são impedidos de adquirir as informações criminais por meio da quebra de sigilo das mensagens.

Por fim, o aplicativo WhatsApp revolucionou a forma como as pessoas se comunicam com o mundo. Isso tudo, graças ao seu serviço grátis para celulares Android e iPhone (iOS), que permite enviar mensagens ilimitadas para contatos telefônicos a partir de uma conexão de Internet (Wi-Fi ou 3G/4G).

História do WhatsApp: a criação do WhatsApp Business

Exame

Finalizando a história do WhatsApp, foi desenvolvido uma versão profissional do aplicativo, que apresenta um ícone diferente, com um B no centro. Ademais, essa versão do App possibilita cadastrar as contas em telefones fixos, configurar um perfil público e migrar as suas conversas antigas.

Logo, esse serviço funciona de forma separada, permitindo que pequenos empresários separem suas contas pessoais das profissionais em um único aparelho. No entanto, ao baixar o WhatsApp Business é preciso responder a uma pesquisa que pedirá diversos dados da empresa. Posteriormente, o usuário deverá esperar até a sua solicitação ser aprovada. Por fim, é só baixar o aplicativo comercial e começar a usá-lo.

A história do WhatsApp no Brasil

Uol

De acordo com a história do WhatsApp, o aplicativo chegou ao Brasil e 2009. No entanto, apenas usuários de iPhone tinham acesso ao mensageiro. Posteriormente, com o acesso ampliado para usuários de outros sistemas operacionais, o WhatsApp se tornou o aplicativo para Smartphones mais popular do Brasil. Dessa forma, possui uma base de usuários no país em torno de 100 milhões, número que cresce mais a cada dia.

Enfim, é um aplicativo usado por empresas, trabalhadores, consumidores, adultos e crianças. Ou seja, não há restrições ao uso do software de enviar e receber mensagens instantâneas simultaneamente. Atualmente, com relação ao WhatsApp, o Brasil detém um dos maiores números de audiência no mundo.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: WhatsApp Web, como usar no computador e no celular.

Fontes: Canaltech, Olhar Digital, Techtudo

Imagens: Youtube, Techmundo, Exame, Uol

More in Fatos&Fatos.com