Gaia, quem é? Origem, mito e curiosidades sobre a deusa da Terra

A deusa Gaia é uma das figuras mitológicas mais populares do panteão grego, mas você conhece de onde ela surgiu? Em primeiro lugar, a deusa da Terra representa toda a criação e o próprio planeta. Além disso, é apresentada como uma deusa primordial, ou seja, está associada ao surgimento do Universo, porque representa elementos básicos da sua formação.

Entretanto, a mitologia grega posiciona Gaia como a segunda força mitológica a surgir, porque a primeira seria o deus Caos. Nesse sentido, ele teria sido não somente o primeiro deus primordial como também o criador da deusa da Terra. Ademais, essa narrativa posiciona ambos como a origem de tudo, de modo que nada tenha existido antes deles e tudo tenha surgido após eles.

No geral, a deusa da Terra também é conhecida como Mãe-Terra, porque representa a personificação do mundo de formando. Em outras palavras, é o próprio planeta em forma divina, responsável pelo surgimento do céu, das montanhas e dos mares. Como consequência, é um grande símbolo da maternidade, da força feminina e do poder de criação.

Mito de Gaia

Gaia, quem é? Origem, mito e curiosidades sobre a deusa da Terra
Fonte: Hipercultura

Como citado anteriormente, Gaia surgiu a partir do deus Caos, que iniciou todo o ciclo de formação do Universo na mitologia grega. Porém, a deusa da Terra foi responsável pelo surgimento espontâneo de seus três filhos: Urano, Órea e Ponto. Em resumo, cada um representa o Céu, as Montanhas e o Mar, respectivamente.

Além disso, o poema Teogonia de Hesíodo, também conhecido como a Genealogia dos Deuses, vai adiante na relação familiar desses deuses primordiais. Basicamente, Gaia transforma Urano em seu marido, apesar dele ser seu filho.

A princípio, a relação dos dois gerou os doze titãs da mitologia grega, incluindo Cronos, o titã que representa a passagem do tempo. Entretanto, acredita-se ainda que Gaia teve relacionamento com outros filhos, em especial Ponto.

Por outro lado, Gaia também aparece como irmã de Nyx, a deusa da Noite e de outras figuras mitológicas. Para além das citadas anteriormente, a Mãe-Terra é irmã de Érebo, conhecido como deus das trevas ou do vácuo.

No geral, sua mitologia está associada ao relacionamento com Urano, pois o deus do Céu costumava lançar os filhos ao Tártaro, o Mundo Inferior. Porque protegia seus filhos acima de tudo, Gaia então decidiu se juntar a Cronos para punir as atrocidades do marido. Desse modo, o entregou uma foice mágica e o enviou para se vingar.

Sendo assim, Cronos ataca o próprio pai e o castra com um golpe certeiro. Porém, a mitologia grega narra que o sangue que jorrava do ferimento caiu sobre Gaia, fertilizando-a novamente. Consequentemente, a Mãe-Terra deu luz aos Gigantes, às Erínias e as Melíades. Por fim, algumas gotas que caíram ao mar se misturaram à espuma e deram origem à Afrodite, a deusa do amor e da beleza.

Atribuições e símbolos

Gaia, quem é? Origem, mito e curiosidades sobre a deusa da Terra
Fonte: Lua Natural

Primeiramente, os símbolos mais comuns da Mãe-Terra são o globo terrestre, além dos rios e florestas que compõe o seu corpo na maior parte das representações. Por outro lado, a serpente também se apresenta como um elemento comum, pois simboliza a capacidade de renovação de Gaia.

Além disso, Gaia representa a criação do mundo, estando associada à natureza em sua forma mais básica. Nesse sentido, costumava ser cultuada na Grécia Antiga como uma deusa protetora, principalmente pelo espírito maternal de seus mitos. Ademais, era considerada como a criadora da humanidade, para além de ter criado a Terra.

Em contrapartida, no que diz respeito ao lado maternal, a deusa da Terra ainda aparece associada à fertilidade. Desse modo, refere-se tanto à fertilidade dos solos para agricultura como da fecundidade nos seres humanos. Como consequência, costumava ser cultuada em casamentos e cerimônias de fertilização.

No geral, Gaia costuma ser representada pela imagem de uma mulher robusta e de aparência materna, com crianças ao seu redor. Comumente, cada criança simboliza as estações do ano e sua afetividade na figura da Mãe-Terra. Mais ainda, é comum encontrar a deusa da Terra apresentada em ilustrações onde a própria natureza compõe sua forma física.

Curiosidades sobre Gaia

Gaia, quem é? Origem, mito e curiosidades sobre a deusa da Terra
Fonte: Astrocentro

Basicamente, Gaia representa a primeira figura feminina na mitologia grega. Apesar de muitos historiadores afirmarem que os deuses primordiais não apresentam gênero feminino, a Mãe-Terra tem em sua origem associação com a feminilidade. Desse modo, tornou-se uma importante figura no que diz respeito ao imaginário coletivo do papel da mulher na Antiguidade.

Como consequência, Gaia era cultuada majoritariamente por mulheres na Grécia Antiga, mas haviam homens que participavam de seu culto. Nesse sentido, a associação com a fertilidade e fecundidade movia diferentes indivíduos aos seus templos, tanto para pedir bênçãos quanto para agradecer.

Por outro lado, o culto de Gaia atravessou as décadas e se faz presente nos dias atuais. Entretanto, passou por transformações com o tempo e grande parte dos elementos da cultura grega não integram seu culto atualmente. Porém, a Mãe-Terra faz parte das crenças de comunidades tradicionais e religiões baseadas na figura divina como uma mulher, sendo chamada de Grande Deusa.

E ai, gostou de conhecer Gaia? Então leia sobre Circe – Histórias e lendas da feiticeira mais poderosa da mitologia grega.

Fontes: Mega Curioso | Concursos | Site de Curiosidades | Hipercultura | Astrocentro | Mitologia Grega BR | Infoescola

Imagens: Lua Natural | Wiki Fandom Astrocentro Hipercultura

More in Fatos&Fatos.com