Forseti – O deus da justiça da mitologia nórdica

Muito antes da Era Viking surgir, a mitologia nórdica se espalhou pelos países da Escandinávia, entre os séculos 8 e 9. Dessa forma, essa crença influenciou muito a população da região, isso, antes do cristianismo dominar o norte da Alemanha e da Islândia. Em suma, a mitologia nórdica possui uma vasta riqueza cultural, que foi passada oralmente de geração para geração. Ademais, é composta por inúmeros deuses e divindades, como o deus Forseti, por exemplo, neto de Odin e Frigga.

Forseti significa anfitrião ou presidente, no islandês moderno, que é o nome do deus da justiça, da meditação e do conhecimento interior. Dessa forma, Forseti exerce a função de juiz e apaziguador nas disputas entre os deuses de Asgard, sempre procurando ser justo e imparcial nas suas decisões. O que fez com que o deus ficasse conhecido por seu senso de justiça e imparcialidade.

Por fim, Forseti, cujo nome se pronuncia ‘for-SET-ee’, vive em um salão brilhante feito de ouro e prata, chamado Glitnir. Apesar de atuar como legislador de Asgard, Forseti gosta de tirar um tempo para refletir, praticar meditação e manter a mente tranquila em suas horas livres.

Forseti: o deus da justiça

Pinterest

De acordo com a mitologia nórdica, Forceti está relacionado à lei e a justiça. Dessa forma, atua frequentemente como juiz, decidindo justamente o resultado de disputas entre os deuses de Asgard. Ademais, o deus nórdico Forseti é representado como um homem atlético, com cabelos compridos, ondulados e loiros, cuja pele possui um tom avermelhado. Além disso, utiliza uma túnica que cobre todo o seu corpo.

Em suma, Forceti é uma divindade da justiça, ou seja, ele é responsável por resolver problemas na justiça, em uma espécie de tribunal. Por isso, nunca conta mentiras. Inclusive, para manter a ideia de que a justiça é cega, o deus é sempre imparcial em todas as decisões que toma. Segundo a mitologia, o deus da justiça nunca falhou em nenhum dos acordos que protagonizou, pois, argumentando por horas, sempre vencia e convencia os demais deuses pelo cansaço.

Enfim, Forseti defende a ideia de que deuses e humanos sejam beneficiados pelas decisões, de forma a unir os dois mundos.

Família

Pinterest

Forseti, o deus da mitologia nórdica, é filho de Nanna (deusa da bondade) e Balder (deus da sabedoria e justiça). Portanto, é neto de Odin (o deus mais poderoso) e Frigga (deusa-mãe).

Ademais, vive com sua família em Asgard, a casa dos deuses e deusas, em um palácio com telhado prateado e pilares dourados, chamado Glitnir. Cujo significado é brilhante. Na verdade, o palácio possui um brilho tão intenso que pode ser visto a uma grande distância, graças à luz tão brilhante que irradia.

Por fim, o deus Forseti não participa do Ragnarok, série de eventos que acarretará no fim do mundo. Portanto, ele é um dos deuses que sobrevivem e irá viver no novo mundo.

Wikipedia

Se você gostou desse post, também pode gostar desse: Asgard, o que é? História e curiosidade do Reino dos deuses. 

Fontes: Portal dos Mitos, Caminho Pagão, Mitologia, Escola Educação, Mensagens com Amor

Imagens: IDAVOLL, Pinterest, Wikipedia

More in Fatos&Fatos.com