Estrela de Davi: entenda o seu simbolismo e o que ela representa

Na última semana do mês de janeiro, ganhou as redes a campanha #WeRemember, iniciativa que visa recordar e repudiar o Holocausto. Em muitas das peças gráficas e audiovisuais, era possível ver a Estrela de Davi, símbolo do Judaísmo.

O símbolo, um hexagrama — nome dado à estrela de seis pontas — é de fácil reconhecimento mundialmente, mas você conhece o seu simbolismo e o que ela representa? Hoje vamos te contar!

Estrela de Davi: um símbolo de muitos séculos

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Usado por seguidores do Judaísmo, a Estrela de Davi é um símbolo com diversas interpretações e é encontrado em variadas manifestações culturais e religiosas.

Mesmo sem registros oficiais que permitam precisar o local e a data de surgimento dela, sabe-se que era conhecida na Índia desde 4000 a.C.. Isso indica que, apesar de sua ligação com a religião predominante em Israel, o hexagrama nunca foi, verdadeiramente, de uso exclusivo dela.

Mesmo na arte muçulmana e em catedrais cristãs da Idade Média, o hexagrama podia ser encontrado. É o que afirma o filósofo Mário Sérgio Cortella, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em entrevista à revista Superinteressante. “O hexagrama sempre foi, para vários povos, um símbolo de proteção, representando a união do Céu com a Terra.”

Origem na realeza

(Fonte: Learn Religions)(Fonte: Learn Religions)

O termo “Estrela de Davi” tem origem no hebraico “Magen Davi” que, em tradução literal, significa “Escudo de Davi”. Na tradição judaica, o hexagrama atrairia a proteção divina, razão pela qual ele seria utilizado no escudo dos soldados do rei Davi.

Personagem recorrente no Antigo Testamento da Bíblia, Davi era filho do rei Salomão, considerado o mais rico e sábio de Israel. Em virtude disso, algumas pessoas se referem à Estrela de Davi como “Selo de Salomão”.

Apenas no século XVII o símbolo foi consagrado como o oficial representante de uma comunidade judaica. Isso ocorreu em Praga, na atual República Checa, e foram necessários mais dois séculos até que representasse o Judaísmo, de maneira semelhante ao simbolismo da cruz para o Cristianismo.

Leia também: Golias, da história bíblica de Davi, não teria sido um gigante

Interpretações para o hexagrama

(Fonte: Elo7)(Fonte: Elo7)

Além da já citada pelo professor Cortella, outra interpretação comum à estrela é a que mostra o símbolo como constituído por dois triângulos. No alfabeto hebraico usado à época, uma das letras que constituía o nome Davi possuía forma triangular. Desta maneira, o símbolo seria formado pela sobreposição de duas das três letras que compunham o nome.

Outra interpretação possível é a que um dos triângulos representaria o homem e o outro remeteria a Deus e a Santíssima Trindade (Deus Pai, Filho e Espírito Santo). Já na Cabala, a estrela simbolizaria o confronto do bem contra o mal, do espiritual contra o físico.

Símbolo no Holocausto e alvo de críticas em Israel

(Fonte: Significados)(Fonte: Significados)

Para que fossem facilmente reconhecidos pelos soldados nazistas, Hitler obrigou os judeus a usarem no braço uma faixa com a Estrela de Davi na cor amarela. Costuradas nos uniformes utilizados nos campos de concentração, a Estrela de David tinha em seu centro a palavra “Jude” (Judeu).

Apesar deste episódio trágico, a estrela segue possuindo muito valor para judeus e israelitas, a ponto de fazer parte da bandeira de Israel. A bandeira com listras azuis tornou-se a bandeira nacional oficial após o estabelecimento do Estado de Israel em 14 de maio de 1948.

Entretanto, sua presença é motivo de críticas dentro do próprio país. Isso porque nem todos seguem o Judaísmo, e o uso do hexagrama indicaria que Israel seria um Estado sionista, o que não é condizente com as crenças e ideologias de uma parcela da população. Entretanto, apesar dos pesares, há forte unidade nacional no território.

More in Fatos&Fatos.com