Escritores brasileiros – 20 referências nacionais que você precisa conhecer

Em primeiro lugar, os escritores brasileiros são as principais referências da literatura nacional. Além disso, representam também da cultura do Brasil em cada segmento que atuavam. No geral, essas figuras iam além da escrita e atuavam em outros campos, como professores, filósofos, pesquisadores e médicos.

Por outro lado, muitos dos nomes na lista que você lerá a seguir estão localizados em diferentes épocas da literatura brasileira. Nesse sentido, são escritores de vanguarda e também criadores considerados clássicos, pois suas obras entraram para a história.

Por fim, cabe ressaltar que a literatura nacional é considerada jovem, em especial quando comparada com outros países. Sendo assim, grandes escritores brasileiros estão aparecendo constantemente no cenário atual. Porém, existem algumas referências renomadas.

20 escritores brasileiros de importância

Como citado anteriormente, alguns escritores marcaram a história da literatura nacional com suas contribuições ao campo. Desse modo, deixaram marcas de estilo e tornaram-se referências aos aspirantes e leitores por todo o país. Finalmente, conheça os nomes separados para essa lista:

1) Lygia Fagundes Telles (1923)

Escritores brasileiros - 30 referências nacionais que você precisa conhecer
Fonte: Posfácio

Também conhecida como a dama da literatura brasileira, essa escritora brasileira tem grande influência do pós-modernismo em suas obras. Além disso, apresenta produções que abordam temas como a morte, o amor e a loucura, misturando a fantasia e a realidade. No geral, suas obras “As Meninas”, de 1973 e “Ciranda de Pedra”, de 1954 são as mais citadas.

2) Luis Fernando Veríssimo (1936), o escritor brasileiro das crônicas sociais

Escritores brasileiros - 30 referências nacionais que você precisa conhecer
Fonte: Pragmatismo Político

Primeiramente, Veríssimo é mais do que um escritor brasileiro, porque também atuou como  cartunista, humorista, roteirista de televisão e ocupa outras posições. Nesse sentido, faz parte do conjunto de escritores brasileiros contemporâneos, sendo popularmente conhecido por suas crônicas.

Por fim, as obras “Comédias da vida privada” e “Comédias para se ler na escola” são os principais exemplos de seu trabalho.

3) Machado de Assis (1839-1908)

Escritores brasileiros - 30 referências nacionais que você precisa conhecer
Fonte: Exame

Antes de mais nada,  para além da popularidade no território nacional, Machado de Assis é considerado um dos escritores brasileiros mais reconhecidos no exterior. Em primeiro lugar, sua escrita retratou as camadas da sociedade brasileira com sátira e realismo, tornando-o inclusive o precursor do movimento realista no Brasil.

Como exemplo de obras populares pode-se citar “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de 1881. Porém, também cabe citar o romance “Helena”, de 1876.

4) José de Alencar (1829-1877)

Escritores brasileiros - 30 referências nacionais que você precisa conhecer
Fonte: eBiografia

Em resumo, José de Alencar iniciou no Brasil o chamado romance de temática. Basicamente, o gênero trabalhava com um pano de fundo específico, onde a história se desenvolvia.

Como exemplo vale citar o grande sucesso do autor, o livro “O Guarani”, cujo enredo se desenvolveu no contexto da fundação do Rio de Janeiro, em 1567. No geral, suas obras apresentavam temáticas relacionadas ao Brasil colonial.

5) Clarice Lispector (1920-1977), a escritora brasileira do sentimentalismo poético

Curiosamente, Clarice Lispector foi uma escritora e jornalista brasileira nascida na Ucrânia. Em primeiro lugar, é conhecida por suas obras retratarem cenas cotidianas simples e profundas tramas psicológicas.

Em especial, seus livros apresentaram características da epifania em cada personagem, o que se percebe em obras como “Laços de Família”. Por outro lado, também pode-se citar “A Hora da Estrela”.

6) Carlos Drummond de Andrade (1902-1987)

Escritores brasileiros - 30 referências nacionais que você precisa conhecer
Fonte: eBiografia

Também conhecido internacionalmente, Drummond de Andrade é uma das maiores influências da poesia brasileira. Além disso, foi um escritor brasileiro que trabalhou com contos e crônicas.

Normalmente, conhece-se seu trabalho por meio do Modernismo brasileiro, também por meio de obras como “Alguma Poesia”, de 1930 e “Brejo das almas”, de 1934.

7) João Cabral de Melo Neto (1920-1999)

Escritores brasileiros - 30 referências nacionais que você precisa conhecer
Fonte: Plataforma 9

Basicamente, esse poeta recifense apresentava traços surrealistas em suas obras, mas o escritor brasileiro também trabalhou com poesia popular. No geral, as produções de Melo Neto são caracterizadas pelo rigor estético e uso de rimas toantes.

Desse modo, cabe citar obras como “Uma faca só lâmina, de 1955” porquer contém o estilo inovador do autor no campo da poesia. Ademais, apresenta ainda características vanguardistas do escritor brasileiro.

8) Monteiro Lobato (1882-1848), o escritor brasileiro da literatura infantil

Fotografia de Monteiro Lobato para ilustração do item
Fonte: eBiografia

Em primeiro lugar, Monteiro Lobato iniciou sua carreira no jornalismo, mas tornou-se o principal escritor brasileiro no gênero da literatura infantil. Ainda que a vocação tenha iniciado acidentalmente, pois começou escrevendo as obras para seus filhos, o autor se consagrou por misturar a realidade com a fantasia.

Como principal exemplo de seu trabalho tem-se a coleção Sítio do Picapau Amarelo.

9) Rubem Alves (1993-2014), o escritor brasileiro da Pedagogia

Primeiramente, Rubem Alves foi um importante escritor brasileiro, também atuando como psicanalista, teólogo e educador. Desse modo, escreveu livros educacionais, existenciais e até infantis.

Ademais, se consagrou como um dos maiores pedagogos brasileiros, ao lado de Paulo Freire. Como exemplo de suas obras mais conhecidas têm-se “A pipa e a flor”, de 1994 e “A alegria de ensinar”, de 2001.

10) Guimarães Rosa (1908-1967)

Fotografia de Guimarães Rosa para ilustração do item
Fonte: eBiografia

Em primeiro lugar, esse escritor brasileiro  atuou como novelista e romancista, e também trabalhou como diplomata e médico. No geral, seus escritos se ambientavam no chamado sertão brasileiro, apresentando linguajar popular e expressões orais. Em especial, a obra “Grande Sertão: Veredas” tende a ser mais popular, pois contém diversas características de estilo do autor.

 11) Mário Quintana (1906-1994)

Escritores brasileiros - 30 referências nacionais que você precisa conhecer
Fonte: Delfos

No geral, Mário Quintana é conhecido por sua poesia em tom de prosa e com elementos simples. Além disso, atuou como tradutor e jornalista, sendo saudado na Academia Brasileira de Letras após tentar uma vaga diversas vezes. Comumente, a poesia “A Rua dos Cataventos”, de 1940 e tambem “Esconderijos do Tempo”, de 1980 são as mais populares criações do escritor brasileiro.

12) Conceição Evaristo (1946), a escritora da literatura afro-brasileira

Escritores brasileiros - 30 referências nacionais que você precisa conhecer
Fonte: eBiografia

Basicamente, Conceição Evaristo é uma grande referência da literatura afro-brasileira contemporânea. Nesse sentido, suas obras abordam as dores vividas nas comunidades brasileiras e também aborda questões que perpassam a comunidade negra no país. Como exemplo de seu trabalho pode-se citar o livro de contos “Olhos d’água”, de 2014 além do romance “Becos da Memória”, de 2006.

13) Ana Maria Machado (1941)

Fotografia de Ana Machado para ilustração do item
Fonte: VEJA

Em primeiro lugar, Ana Maria Machado também conhecida pelo trabalho na literatura infantil. Por outro lado, é a escritora brasileira dos livros “Raul da Ferrugem Azul” e “O que é?”. Além disso, é carioca e trabalhou também como jornalista, professora e pintora.

14) Graciliano Ramos (1892-1953)

Escritores brasileiros - 30 referências nacionais que você precisa conhecer
Fonte: eBiografia

Em primeiro lugar, Graciliano Ramos é o escritor brasileiro do romance “Vidas Secas”. Mais do que uma obra de grande destaque em sua carreira, a produção serve como um mapeamento do imaginário brasileiro da época. Por outro lado, o autor também é considerado o melhor ficcionista do Modernismo, porque foi um importante prosador dessa escola literária.

15) Cecília Meireles (1901-1964)

Sobretudo, Cecília Meireles é conhecida como a primeira voz feminina dentre os escritores brasileiros. Nesse sentido, a poetisa, professora, jornalista e pintora apresenta uma tendência espiritualista em suas obras. No geral, as características saudosistas e de grande expressão são percebidas em seus poemas “Motivo” e também em “Retrato”.

16) Mário de Andrade (1893-1945), o escritor brasileiro que iniciou o Modernismo

Fotografia de Mário de Andrade para ilustração do item
Fonte: Carta Capital

Primeiramente, esse escritor brasileiro é o conhecido autor do livro “Pauliceia Desvairada”, a obra que marcou o início do Modernismo no Brasil. Além disso, escreveu o romance “Macunaíma”, que se tornou a maior produção em sua carreira. Por outro lado, também trabalhou como crítico de arte em jornais e revistas.

17) Manuel Bandeira (1886-1968)

Fotografia de Manuel Bandeira para ilustração do item
Fonte: Maiores e Melhores

Em primeiro lugar, Manuel Bandeira foi um poeta, professor de literatura, crítico de arte e escritor brasileiro. Por essa perspectiva, escreveu a respeito da paixão pela vida, sobre a morte, o amor e também a solidão no cotidiano. Comumente, os traços de sua escrita são perceptíveis no poema “Vou-me Embora para Pasárgada”.

18) Lima Barreto (1881-1992)

Escritores brasileiros - 20 referências nacionais que você precisa conhecer
Fonte: Maiores e Melhores

Primeiramente, o reconhecimento de Lima Barreto se deu após sua morte, apesar do escritor brasileiro ter feito importante contribuições à literatura nacional. Nesse sentido, trabalhou muito no campo da ficção, com romances como “Clara dos Anjos” e “Triste Fim de Policarpo Quaresma”. No geral, suas obras eram marcadas por críticas sociais à descriminação racial e à política.

19) Cora Coralina (1889-1985), a escritora brasileira da poesia regional

Fotografia de Cora Coralina para ilustração do item
Fonte: Aventuras na Literatura

Mais do que uma poetista e contista, essa escritora brasileira tornou-se uma importância referência na literatura escrita por mulheres. Nesse sentido, cabe ressaltar que ela só veio a publicar seu primeiro livro aos 75 anos, com estilo marcado pelo regionalismo de Goiás e o saudosismo. Por exemplo, suas obras populares estão o poema  “Meu livro de Cordel” e  livro “Os Meninos Verdes”.

20) Jorge Amado (1912-2001)

Em primeiro lugar, esse escritor é um importante representante da literatura baiana, Jorge Amado foi um escritor brasileiro cujas obras foram traduzidas para mais de 48 idiomas. Portanto, se popularizou por seus enredos descritivos e ambientados no Nordeste, além do toque romântico em cada produção. Como exemplo de suas obras vale citar “Capitães de Areia” e “Gabriela, Cravo e Canela”.

Gostou de conhecer escritores brasileiros? Então leia sobre Personalidades importantes – 40 figuras mais influentes da história.

Fontes: eBiografia | Mundo Educação

Imagens: Plataforma 9 | eBiografia | Posfácio | Exame | Pragmatismo Político | Delfos | VEJA | Revista Bula | Maiores e Melhores

More in Fatos&Fatos.com