Eos, quem é? Origem, história e simbologia da deusa da aurora

Em primeiro lugar, a deusa Eos faz parte do panteão de deuses primários na mitologia grega. Nesse sentido, está associada com a própria criação do Universo, sendo anterior aos deuses do Monte Olimpo. Além disso, sua genealogia tem relação com os ciclos de dia e noite na Grécia Antiga.

A princípio, Eos representa a aurora e o amanhecer. Desse modo, é representada por uma mulher com longos cabelos loiros, mas curiosamente apresenta as unhas tingidas de rosa. Sobretudo, esse detalhe representa o fato de que ela coloria o amanhecer com suas próprias mãos.

Ademais, as representações dessa divindade a colocam em uma carruagem puxada por cavalos alados, semelhante ao do deus Apolo. Em contrapartida, algumas versões explicam que ela era responsável por abrir as portas do céu para que o deus primordial do Sol passasse. Sendo assim, Hélios poderia iluminar o dia.

Por outro lado, a deusa Eos era responsável pelo brilho do sol e por colorir o céu em diferentes etapas do dia. Além disso, a representação romana dessa divindade chama-se Aurora, carregando no nome a principal simbologia.

Origem e história da deusa Eos

Primeiramente, Eos é filha dos titãs Hipérion e Téa, desse modo, pode ser considerada uma deusa titânide. Além disso, é irmã da deusa Selene, que por sua vez personifica a Lua.

No geral, há uma confusão de ambas como Ártemis e Apolo, mas cabe ressaltar que elas vieram anteriormente a esses deuses. Sendo assim, podem ser consideradas representações iniciais do deus do Sol e da deusa da caça.

Antes de mais nada, o principal autor que escreveu sobre Eos foi o poeta grego Hesíodo. Em resumo, seus versos apresentavam a beleza estonteante da divindade, assim como o fato de que ela era uma jovem caprichosa e despreocupada. Nesse sentido, é comum que ela seja representada como uma mulher de amores intensos e efêmeros.

A princípio, os relatos afirmam que Eos teve como consorte oficial o titã Astreu, com quem teve os quatro ventos como filhos. Portanto, Zéfiro, Bóreas, Noto e Eurus foram o fruto desse relacionamento, cada um desempenhando o papel de ventania em uma parte do globo. Por outro lado, estima-se que Eos também deu origem à estrela Eósforos e aos outros corpos celestes no céu .

Contudo, Títono provavelmente é o amante mais famoso da deusa do amanhecer. Em resumo, a divindade o amava tanto que suplicou a Zeus que o transformasse em imortal. Porém, esqueceu de solicitar que ele tivesse a juventude eterna como ela.

Como consequência, Títono ficou cada vez mais velho e mais fraco, mas sem poder morrer. Eventualmente, a deusa Eos pediu que Zeus o transformasse em uma cigarra, para que ela sempre o ouvisse cantar no alvorecer. Desse modo, um dos símbolos que acompanham a divindade é a cigarra, geralmente retratada como um broche em suas vestes celestiais.

Eos, quem é? Origem, história e simbologia da deusa da aurora
Fonte: Amino

Simbologia e associações

No geral, a simbologia mais importante da deusa Eos tem relação com o alvorecer e o amanhecer. Sendo assim, é a personificação dos recomeços, das mudanças de ciclo e das novas oportunidades. Além disso, a função que desempenha em colorir o céu a associa com as mudanças climáticas, de estação e as pequenas transformações diárias.

Por outro lado, o relacionamento com Títono a simboliza como representante do amor impossível, e do amor eterno. Porém, ainda desempenha um importante papel no equilíbrio ambiental por ser mãe dos quatro ventos.

Sobretudo, a figura de uma mulher jovial também a associa com a beleza, o espírito da juventude e das paixões intensas. Nesse sentido, não somente os relacionamentos amorosos que manteve entram na simbologia, mas também sua paixão pela natureza como um todo.

Comumente, Eos é representada como uma mulher carregando uma asa da cabeça aos pés. Portanto, a relação com a pureza é comum no que diz respeito à sua simbologia. Porém, estima-se que a ideia de anjos na mitologia grega tenham surgido a partir dela, tendo em vista que é uma deusa primordial.

E aí, gostou de conhecer sobre a deusa Eos? Então leia sobre Cidades medievais, quais são? 20 destinos preservados no mundo

Fontes: Amino | Portal dos Mitos | Brasil Escola

Imagens: Amino

More in Fatos&Fatos.com