fbpx

Domo de Ferro – Definição e como funciona o sistema antimísseis de Israel

O conflito entre Israel e Palestina tem se agravado ao longo dos anos. Desse modo, dezenas de ataques aéreos de aviões de guerra israelenses exterminam centenas de palestinos na violenta Faixa de Gaza. Por outro lado, uma enxurrada de foguetes disparados pelo grupo militante, Hamas, está testando o escudo de defesa de mísseis de Israel, conhecido como Domo de Ferro.

Em suma, o Domo de Ferro de Israel é um sistema de defesa móvel projetado para eliminar foguetes de curto alcance disparados a até 70 km de distância. Ele foi fabricado há uma década com suporte e financiamento dos Estados Unidos, como uma solução de grande tecnologia para deter os mísseis lançados pelo Hamas.

A Cúpula de Ferro foi desenvolvida após a guerra de 2006 entre Israel e Líbano. No decorrer desse conflito, o grupo terrorista Hezbollah lançou repetidos ataques de foguetes contra Israel. Como resultado, a empresa israelense Rafael Advanced Defense Systems criou um novo sistema de defesa antimísseis, que acabou sendo implantado em 2011.

Como funciona o Domo de Ferro?

Fonte: Israel 21C

O sistema de defesa antimísseis usa um radar para rastrear e interceptar ataques aéreos em território israelense. Além disso, foguetes e mísseis são usados para combater artilharia, aeronaves pilotadas e drones.

Em resumo, o radar detecta um objeto que se aproxima, como um foguete; essa informação é processada e alimentada para uma bateria de mísseis. Então, o radar analisa informações sobre a velocidade e trajetória de voo do objeto para aprimorá-lo e interceptá-lo detonando sua carga útil ou seja, destruindo-o.

Outras variáveis, como condições atmosféricas e padrões climáticos, também são levadas em consideração antes do lançamento dos mísseis.

Portanto, o Domo de Ferro é uma tecnologia especializada para ameaças de curto alcance tanto em terra quanto no mar.

Quem projetou o Domo de Ferro?

Fonte: Israel 21C

Como lido acima, esse sistema antimísseis foi desenvolvido pela empresa israelense Rafael Advanced Defense Systems. Além disso, a empresa é uma das principais fabricantes de armas de Israel e produz outros sistemas militares, como ferramentas de vigilância e armas antitanque.

Embora seja desenvolvido em Israel, os EUA têm sido um dos principais patrocinadores do programa Domo de Ferro. Inclusive, em 2011, o ex-presidente norte-americano, Barack Obama, forneceu a Israel mais de 200 milhões de dólares para a produção de baterias para o sistema.

Qual é a taxa de interceptação do Domo de Ferro?

Fonte: Israel 21C

A empresa Rafael afirma que a taxa de interceptação do sistema é de cerca de 90%, enquanto alguns especialistas estimam que esse número não ultrapassa 80%. Em outras palavras, a qualidade do foguete e a precisão de sua mira se tornam um fator determinante para ser bloqueado ou não pelo sistema.

Ademais, como muitos foguetes disparados na Faixa de Gaza não são guiados, a maioria causa danos mínimos, todavia outros são responsáveis por diversas mortes de israelenses, durante o combate.

Quais os riscos de operar esse sistema?

Domo de Ferro: definição e como funciona o sistema antimísseis de Israel
Fonte: Israel 21C

Alguns ex-soldados israelenses iniciaram uma ação coletiva contra o Ministério da Defesa de Israel em abril de 2021, alegando que desenvolveram câncer devido ao tempo que passaram operando o Domo de Ferro. Inclusive, o escudo ganhou apelido de “torradeira”, pois membros das tropas compararam a exposição dos radares do sistema à exposição à radiação encontrada no microondas.

Dessa forma, pelo menos 10 soldados com idade entre 20 e 30 anos atribuem o diagnóstico de câncer ao serviço que opera o Domo de Ferro. Por outro lado, autoridades israelenses rejeitam qualquer ligação entre o sistema e os casos de câncer.

Agora que você sabe o que é o Domo de Ferro de Israel, leia também: Aviões de guerra, 8 mais potentes e poderosos que existem

Fontes: Veja, DW, CNN Brasil, Canaltech

Fotos: Israel 21C

More in Fatos&Fatos.com