fbpx

Deus Hélio, quem é? Historia da divindade anciã do Sol

Em primeiro lugar, o deus Hélio faz parte da mitologia dos deuses gregos. Nesse sentido, é o filho dos titãs Hipérion e Téia, além disso, é irmão da deusa Éos e da deusa Selena. Basicamente, essa divindade é a personificação do Sol, enquanto suas irmãs representam  o alvorecer e a Lua, respectivamente.

Sobretudo, ele faz parte do grupo de deuses anciões ou primordiais. Ou seja, tem associação com a criação do Universo, pois personifica elementos básicos de sua composição. Por outro lado, o equivalente do deus Hélio na mitologia romana é o deus Sol, também conhecido como Sol Invicto.

Curiosamente, o nome do elemento químico hélio partiu dessa figura mitológica, designando o segundo elemento mais abundante na natureza. Ademais, seu nome ainda fundou o termo acadêmico helioatria, que refere-se a adoração e aos cultos ao Sol ou às deidades solares. No geral, essa adoração não apresenta limites de origem ou nacionalidade, apesar da origem no grego antigo.

A princípio, o deus Hélio teve incontáveis filhos, que desempenham papéis diversos na mitologia grega. Em resumo, estão documentados sob sua paternidade dezesseis criaturas míticas. Mais ainda, entre suas filhas estão a deusa Selene e as três Graças, conhecidas como deusas menores do banquete, da concórdia, do encanto e da gratidão.

Origem e mito

Antes de mais nada, a representação mais comum do deus Hélio envolve um jovem com a cabeça coroada com uma auréola de raios dourados. Além disso, um dos símbolos mais comuns é o chicote dourado e o carro de fogo. Curiosamente, os cavalos alados que sustentam essa carruagem são também filhos da divindade, sendo conhecidos como Helíados ou Helíades.

Desse modo, os mitos apresentam o deus solar como casado com Perseis, filha de Oceano e Tétis. A partir da união de ambos surgiram vários filhos, cujo destaque fica para a feiticeira Circe, popular por ser a feiticeira mais poderosa da Grécia. Porém, o deus Hélio ainda teve um relacionamento com Clímene, irmã de sua esposa, com quem gerou as Helíades e o jovem Faetonte.

No geral, o deus Hélio é popularizado pelo chamado carro do Sol, uma carruagem que ele utilizava para transpor o percurso do céu até o oceano. Basicamente, essa travessia diária surgia com o propósito de banhar os cavalos, mas também trazia a noite ao mundo. Desse modo, estima-se que o pôr-do-sol acontecia no momento em que a divindade descia aos oceanos.

Sobretudo, isso era uma explicação mitológica pelo motivo do Sol se pôr na linha do horizonte, entre o mar e o céu. A princípio, o poeta romano Ovídio foi quem melhor descreveu essa carruagem, sendo representada majoritariamente por uma viga puxada por quatro cavalos de fogo. Ademais, cada cavalo recebia um nome, mas a designação mudava de acordo com a narrativa.

Comumente, os nomes mais utilizados eram Piro, Éous, Eton e Flégon. Contudo, o poeta Euméro de Coringo afirmou que dentre os quatro cavalos dois eram machos, chamados de Éous e Etíope. Em contrapartida, duas eram fêmeas, chamadas de Bronte, que representava a trovoada, e Estérope, que representava o relâmpago.

Deus Hélio, quem é? Historia da divindade anciã do Sol
Fonte: Pinterest

Apolo e o deus Hélio

Mas quem é o deus do Sol, Apolo ou Hélio? No geral, esse é um conflito muito comum, tendo em vista que ambos tem associação com o Sol. Ademais, o deus Apolo também conta com a imagem da carruagem solar em suas representações.

A princípio, as fontes mais confiáveis a respeito da mitologia grega são os poetas Homero e Hesíodo, conhecidos por iniciar a popularização dessas narrativas. Nesse sentido, ambos descreveram Apolo como uma divindade da arte, da música, da medicina e afins. Portanto, o deus grego tem ligação com a luz da vida, mas nunca foi vinculado necessariamente ao Sol.

Por outro lado, desde sempre o deus Hélio foi apresentado como a personificação do Sol, ou seja, como o astro em forma divina e humanizada. Eventualmente, a mitologia grega foi transmitida entre as pessoas, em especial pela tradição oral, tendo em vista que grande parte dos cidadãos da Grécia Antiga eram analfabetos.

Como consequência desse processo, viajantes e historiadores como Pausânias começaram a constatar que as pessoas viam Apolo e Hélio como duas figuras idênticas. Sendo assim, aconteceu um processo natural onde o deus Hélio deixou de ser citado. Em contrapartida, o deus Apolo passou a predominar na maior parte dos mitos, inclusive os que envolviam o deus primordial.

Por fim, popularmente o deus do Sol é Apolo, tanto que seu nome romano significa Sol quando traduzido. Contudo, em uma definição e perspectiva  mais tradicional, o deus Hélio é o verdadeiro deus do Sol.

E aí, gostou de conhecer sobre o deus Hélio? Então leia sobre Cidade mais antiga do mundo, qual é? História, origem e curiosidades

Fontes: Brasil Escola | Mitologia Grega BR | Spartacus Brasil | Mitologia

Imagens: Pinterest | Mitologia Grega BR

More in Fatos&Fatos.com