Curiosidades sobre Albert Einstein – 12 fatos sobre a vida do físico alemão

Curiosidades sobre Albert Einstein - 12 fatos sobre a vida do físico alemão
Fonte: Observador

A vida de Einstein inspirou outros pesquisadores, mas também produções do cinema. Entretanto, existem curiosidades sobre Albert Einstein que nem todos conhecem. Antes de mais nada, é preciso apresentar algumas informações sobre essa figura histórica para entender os fatos curiosos de sua vida.

Nesse sentido, Albert Einstein nasceu no dia 14 de março de 1879, no chamado Reino de Württemberg, dentro do Império Alemão. Porém, o físico alemão tem duas outras nacionalidades: suíço e estadunidense. Por essa perspectiva, as novas nacionalidades surgiram após sua mudança para Munique com a família durante a infância, e para os Estados Unidos com a esposa Elsa Einstein.

No geral, esse pesquisador é reconhecido pelo desenvolvimento de importantes teorias e descobertas no campo da física. Em especial, pela Teoria da Relatividade e o aprofundamento teórico do efeito fotoelétrico.

Curiosidades sobre Albert Einstein

Ainda que seja uma grande figura histórica, Einstein teve uma história de vida com origens humildes. Em primeiro lugar, foi filho de um engenheiro e vendedor cuja empresa veio a falir, o que obrigou toda sua família a mudar para outra cidade.

Além disso, cursou o ensino primário em um colégio católico e concluiu a educação básica em um colégio onde enfrentou dificuldades com o modelo de ensino. Eventualmente, desenvolveu interesse pela Física, enquanto se recusava seguir os moldes educacionais da sua época.

Desse modo, existem estudos a respeito da vida que apresentam algumas curiosidades sobre Albert Einstein e quem de fato foi esse pesquisador. Confira a seguir:

1) Einstein era um aluno relapso

Curiosidades sobre Albert Einstein - 12 fatos sobre a vida do físico alemão
Fonte: BBC

Em primeiro lugar, essa curiosidade sobre Albert Einstein diz respeito à perspectiva dos professores. Na realidade, Einstein queria estudar somente as áreas que tinha interesse, e na maioria dos casos o fazia sem seguir o modelo tradicional de ensino.

Desse modo, não costumava prestar atenção nas aulas e participar ativamente, pois se ocupava com os estudos das Ciências da Natureza. Além disso, queria criar outro métodos para aprender, o que costumava ser visto como rebeldia. Como consequência, seus professores o viam como um aluno ruim.

2) E durante a infância, os pais se preocupavam com as capacidades cognitivas

Curiosidades sobre Albert Einstein - 12 fatos sobre a vida do físico alemão
Fonte: Toda Matéria

Sobretudo, Einstein apresentava uma fala vagarosa e tinha dificuldades de aprendizagem durante a infância. Mais ainda, seus pais ficaram preocupados porque o futuro físico alemão somente começou a falar aos três anos de idade.

Nessa perspectiva, consultaram profissionais a fim de entender a situação do filho. Porém, o desenvolvimento cognitivo ocorreu normalmente na medida em que ele foi crescendo.

3) Escreveu o primeiro artigo científico na adolescência

Segundo informações de estudiosos sobre a vida de Einstein, seu primeiro artigo científico teria sido produzido entre os 15 e 16 anos. Ou seja, quando ainda estava concluindo a educação escolar. Nesse sentido, o pequeno ensaio foi nomeado como “Sobre a investigação acerca do estado do éter nos campos magnéticos” e enviado somente ao seu tio materno.

4) Mas publicou os quatro maiores artigos de sua vida antes dos 26 anos

Curiosidades sobre Albert Einstein - 12 fatos sobre a vida do físico alemão
Fonte: Hypeness

Por outro lado, existe outra curiosidade sobre Albert Einstein associada ainda às publicações científicas. Basicamente, a cronologia de sua vida mostra que ele publicou os quatro artigos científicos que tiveram maior impacto à comunidade científica aos 26 anos.

Entretanto, suas descobertas não foram feitas de maneira tradicional. Ao invés de desenvolver seus estudos em laboratórios, como é feito comumente, Einstein criou a maior parte de suas teorias a partir de conversas. Além disso, desenvolveu estudos por conta própria, criando os cenários em sua mente e a partir de leituras.

5) Apesar disso, não entrou na universidade de primeira

Curiosidades sobre Albert Einstein - 12 fatos sobre a vida do físico alemão
Fonte: BBC

Primeiramente, Albert Einstein tentou ingressar na Escola Politécnica Federal Suíça em 1895, dois anos antes da idade padrão. Entretanto, apresentou um péssimo desempenho no padrão exigido do exame admissional. Apesar disso, teve excelentes resultados em física e matemática. Por isso, foi enviado para completar o ensino secundário antes de tentar novamente.

Nesse sentido, repetiu o exame admissional no ano seguinte, tendo completado 17 anos de idade recentemente. Em outras palavras, tentou ingressar a Escola Politécnica sendo um ano mais novo que todos os ingressantes, e acabou conseguindo. Desse modo, estudou durante quatro anos para obter o diploma de professor de Física nessa instituição federal.

6) Einstein visitou o Brasil

Curiosidades sobre Albert Einstein - 12 fatos sobre a vida do físico alemão
Albert Einstein no Instituto Oswald Cruz, no Rio de Janeiro. Ao seu lado, na esquerda, o biólogo Carlos Chagas – Fonte: Toda Matéria

Em primeiro lugar, viajou para o Rio de Janeiro em 1925, pois estava participando de conferências que justificariam sua teoria de gravitação. Apesar disso, passeou pelos principais pontos turísticos da Cidade Maravilhosa, incluindo o Pão de Açúcar e o Corcovado.

Entretanto, o destaque para sua viagem ao Rio de Janeiro fica à visita ao Jardim Botânico. De acordo com seus biografistas, Einstein teria afirmado que o céu do Brasil resolveu um problema que sua mente havia formulado. Especificamente, o físico alemão se referiu à questões relacionadas ao eclipse rolar.

Por outro lado, também visitou universidades e instituições de pesquisas nacionais.

7) Recebeu um Prêmio Nobel, mas não pelo motivo que a maioria pensa

Curiosidades sobre Albert Einstein - 12 fatos sobre a vida do físico alemão
Fonte: Uai

No geral, as pessoas acreditam que foi a Teoria da Relatividade que o premiou com um Nobel. Entretanto, o que de fato levou à essa conquista foi a pesquisa com o efeito fotoelétrico, pioneira na Física.

Desse modo, ganhou o prêmio em 1921 por outro trabalho. Além disso, o motivo pela qual ele não recebeu outro prêmio quanto à Teoria da Relatividade está relacionada com o debate científico de que seus estudos eram plagiados, e não originais.

8) Einstein foi convidado a ser presidente de Israel

Curiosidades sobre Albert Einstein - 12 fatos sobre a vida do físico alemão
Fonte: Jornal do Empreendedor

Mas negou o convite, pois não queria ocupar o cargo e planejava continuar com suas pesquisas. Em resumo, essa oportunidade surgiu a partir o primeiro-ministro de Israel, Ben-Gurion, no ano de 1952.

De acordo com estudiosos da vida e curiosidades sobre Albert Einstein, o físico alemão teria negado o convite com uma célebre citação: “As equações são mais importantes para mim, porque a política é para o presente, mas uma equação é algo para a eternidade”.

9) Era ativista dos direitos humanos

Fotografia do físico alemão para ilustração do item
Fonte: Hypeness

Em primeiro lugar, Einstein era contra a segregação racial, e chegou até a chamar o racismo como “doença de gente branca”. Além disso, trabalhou com organizações e outros ativistas para combater o racismo durante sua vida.

Por outro lado, também assinou a petição contra uma lei alemã que bania homossexuais do país. Nesse sentido, ainda defendia a liberdade de expressão e a diversidade no meio acadêmico.

10) Porém, assinou uma carta que incentivou a criação da bomba atômica

Fotografia do físico alemão para ilustração do item


Einstein e o físico húngaro Leo Szilard – Fonte: Rádio Peão Brasil

Resumidamente, Einstein foi convencido por um companheiro de pesquisa a assinar uma carta para o presidente americano Franklin Roosevelt. Em outras palavras, o físico húngaro Leo Szilard e outros cientistas criaram uma carta em 1939, cuja principal finalidade era alertar sobre a possibilidade dos nazistas criarem uma bomba atômica.

Porém, relatos de pesquisadores das curiosidades sobre Albert Einstein mostram que o físico alemão ficou chocado quando os Estados Unidos bombearam Hiroshima e Nagasaki. De qualquer modo, houve uma participação indireta nos desdobramentos tecnológicos que criaram a bomba atômica,

11) Einstein teve problemas no seu primeiro casamento

Fotografia do físico alemão para ilustração do item
Albert Einstein e sua primeira esposa, Mileva Marić – Fonte: Revista Galileu

Antes de mais nada, algumas curiosidades sobre Albert Einstein se relacionam com os seus casamentos. Em primeiro lugar, casou-se com Mileva Marić em 1903, mas vieram a se divorciar no ano de 1919. Posteriormente, casou-se com Elsa Löwenthal, no ano de 1919.

Entretanto, existem versões que contam que seu divórcio aconteceu após ambos viverem separados por cinco anos. Além disso, essas histórias apresentam que Einstein traiu a própria esposa e ainda a fez assinar um contrato. Basicamente, esse documento fazia com que ela se comprometesse a sair da sala ou parar de falar sempre que ele pedisse.

Mais ainda, o cientista se recusava a dividir atividades domésticas com a esposa. Ademais, ela teria ficado com todo o dinheiro que ele ganhou do Prêmio Nobel após o divórcio. Contudo, essas informações apresentam discordâncias e desdobramentos dentro dos estudos sobre a vida de Albert Einstein.

12) Após sua morte, Einstein teve o cérebro roubado

Fotografia do físico alemão para ilustração do item
Fonte: Jornal do Empreendedor

Em resumo, Albert Einstein faleceu aos 76 anos, no dia 17 de abril de 1955. Nesse sentido, a causa de sua morte está associada a uma hemorragia interna, causada por um aneurisma abdominal.

Contudo, seu cérebro foi removido pelo patologista do Hospital de Princeton durante a autópsia. Desse modo, o médico Thomas Stoltz Harvey removeu esse órgão e o manteve escondido em uma jarra durante 20 anos.

Mais ainda, estima-se que fragmentos do cérebro de Einstein ainda estejam circulando pelo mundo. Recentemente, 46 pequenas porções do órgão foram adquiridas pelo museu médico nos Estados Unidos.

Por fim, vale ressaltar outra curiosidade sobre Albert Einstein, mais especificamente sobre seu cérebro. De acordo com estudos realizados com o físico alemão, seu lobo parietal seria 15% maior do que a média.

E aí, gostou de conhecer algumas curiosidades sobre Albert Einstein? Então leia sobre Homem mais inteligente do mundo, quem é? Maiores QI’s da história.

Fontes: Terra | Toda Matéria | Observador | Guia do Estudante | Mega Curioso

Imagens: Observador | BBC | Super Interessante | Toda Matéria | Hypeness | Rádio Peão Brasil | Revista Galileu | Uai | Jornal do Empreendedor

More in Fatos&Fatos.com