Como se tornar um comissário de bordo – Requisitos básicos necessários

Para quem sonha em viajar pelo mundo e conhecer novas culturas, a carreira de comissário de bordo pode ser uma ótima opção. Além disso, é uma profissão cercada de glamour, novidades e vantagens, por exemplo, passagens grátis, hospedagens em hotéis, entre outros. No entanto, a profissão não se baseia apenas nos benefícios, na verdade, é uma carreira que exige bastante do profissional. Afinal, para que toda a experiência vivida em um avião seja satisfatória para os passageiros, o comissário de bordo deve manter tudo sob controle. Dessa forma, para que tem intenção de seguir a carreira, precisa estar atento para os requisitos de como se tornar um comissário de bordo.

Em suma, o comissário de bordo é um elemento muito importante para a segurança e bem estar de todos durante o voo. Além de ser responsável pelo recebimento e atendimento à tripulação e aos passageiros de um avião. Por exemplo, conduzir os passageiros aos seus respectivos lugares, fornecer a alimentação, verificar os equipamentos de segurança e orientar sobre cuidados necessários durante o voo.

E não é necessário ter experiência prévia para ingressar na carreira, já que são realizados treinamentos preparatórios específicos. O que pode facilitar para quem sonha em seguir a carreira de comissário de bordo.

No entanto, o processo não é simples, são divididos em várias etapas, inclusive com treinamentos de sobrevivência na selva. Apesar de não exigir curso superior, para ingressar na carreira é preciso ter o Certificado de Habilitação Técnica, que é um curso de formação de comissários de bordo. Que pode ser feito em alguma escola de aviação homologada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), com duração em média de cinco meses.

O que faz um comissário de bordo?

Ceab

Antes de saber como se tornar um comissário de bordo, é importante entender quais são as funções executadas por um. Em suma, o comissário de bordo é o profissional responsável pela organização e segurança durante uma viagem de avião. Dessa forma, ele recebe os passageiros, os direciona para suas poltronas, auxilia na disposição de bagagens de mão dentro da aeronave. Além de servir alimentos, bebidas, transmitir informações de segurança, verificar se os passageiros estão seguindo as medidas de segurança e atender aos pedidos da tripulação.

Melhores Destinos

Por ser uma profissão que lida diretamente com pessoas e situações inesperadas ou estressantes, o comissário de voo precisa ter autocontrole e uma boa comunicação. Além disso, é muito importante ter raciocínio rápido, agilidade, organização, boa observação, e principalmente, ótima capacidade para resolução de problemas. No entanto, não é uma profissão que segue uma rotina, pois você vai estar viajando aos mais diversos lugares do país e do mundo, conhecendo novas pessoas e culturas.

Quanto ao salário de um comissário de bordo, depende do porte da empresa aérea em que trabalha, o tempo de experiência profissional e o tipo de voo que atua (nacional e internacional). Ademais, os valores podem variar entre 5 mil a 7 mil reais de salário, segundo dados do Anuário Brasileiro de Recursos Humanos para Aviação Civil 2019, do Instituto Brasileiro de Aviação.

Por fim, o profissional não está restrito a voos comerciais, podendo atuar em jatinhos particulares, helicópteros, etc. E com uma experiência maior, ele pode se tornar chefe de cabine.

Como se tornar um comissário de bordo

Ceab

Para saber como se tornar um comissário de bordo basta se atentar para os seguintes requisitos:

  • Certificado de conclusão do Ensino Médio Regular
  • Ter acima de 18 anos
  • Mulheres devem ter, no mínimo, 1,58 de altura e, no máximo, 1,80
  • Homens devem ter, no mínimo, 1,65 de altura e, no máximo, 1,85
  • Ser fluente em inglês ou espanhol, para voos internacionais, deve ser fluente e outras línguas também

Atendendo essas exigências, o interessado deve realizar:

  • Curso específico de comissário de bordo
  • Ser aprovado no exame teórico da ANAC
  • Possuir Certificado Médico Aeronáutico (CMA) de 2ª classe

Em suma, no CMA são feitos uma série de exames, como exame de sangue, urina, eletroencefalograma, eletrocardiograma e radiografias. Dessa forma, ao ser liberado no CMA, o candidato poderá iniciar o curso preparatório de comissário de bordo, que é administrado por uma escola preparatória homologada pela ANAC. Geralmente, o curso tem uma duração de um semestre.

Jornal Hoje em Dia

Durante o curso, o candidato estuda disciplinas teóricas e práticas, que tratam:

  • Da organização e conhecimentos gerais sobre uma aeronave
  • Leis trabalhistas
  • Leis da aeronáutica
  • Psicologia
  • Conhecimento mecânico de aeronaves
  • Técnicas de segurança e sobrevivência
  • Primeiros socorros
  • Noções de meteorologia
  • Combate ao fogo
  • Sobrevivência na selva, entre outros aspectos relacionados a aviação

Por fim, nos treinamentos emergenciais são realizadas simulações de possíveis imprevistos ou acidentes que podem acontecer durante o voo. Cujo objetivo é preparar o candidato para lidar com situações como quedas, incêndios ou afogamentos.

Dessa forma, ao concluir o curso de como se tornar um comissário de bordo, o candidato passa por um novo teste da ANAC. Cujo objetivo é avaliar os conhecimentos técnicos adquiridos durante o curso. Então, ao ser aprovado, o futuro comissário de voo recebe a licença para trabalhar nas companhias aéreas.

Iniciando a carreira

Cead

Para se tornar um comissário de bordo, após a conclusão do curso e recebimento da licença, ao ser o admitido por uma empresa o comissário ainda passa por uma série de treinamentos. Onde ele irá conhecer e entender o funcionamento das aeronaves utilizadas pela companhia aérea.

Além disso, é preciso cumprir, no mínimo 15 horas (voo) de estágio. Ademais, é necessário fazer cursos de reciclagem, que podem ter a validade de um a três anos.

Inicialmente, um comissário de bordo trabalha em voos nacionais, pois, para realizar voos internacionais são necessários dois anos de experiência no nacional. Além da necessidade de alterar a certificação junto à ANAC.

Treinamentos necessários

Cead

Não tem como se tornar um comissário de bordo sem passar por um treinamento de sobrevivência, seja na selva, no mar ou em situações diversas. Pois, esse treinamento é de extrema importância para qualificação deste profissional da aviação civil. Afinal, é dessa forma que ele estará preparado para lidar com emergências reais e até mesmo com situações de terrorismo.

Em suma, nesse treinamento o candidato passa alguns dias em uma selva, com pouca água e pouco alimento. A princípio, pode parecer assustador, mas o treinamento é importante para capacitar e ensinar ao comissário a lidar com situações diversas de estresse físico e emocional.

Ceab

Além disso, durante o treinamento é aprendido habilidades, como montagem de armadilhas para captura de animais e criação de fogo sem auxílio de fósforos ou isqueiros. Pois, dessa forma o comissário estará pronto para sobreviver, seja cozinhando alimentos ou para se manter aquecido, caso seja necessário.

No entanto, além de aprender como sobreviver, o treinamento serve para que o candidato seja avaliado quanto a forma como reage em determinadas reações. Por exemplo, em casos de incêndios, lesões, animais selvagens, procurar alimento na selva entre outros problemas que possam acontecer. Além de trabalhar bem em equipe e saber se direcionar e aos passageiros e tripulantes, seja usando uma bússola ou através da posição do sol. Por fim, para concluir com os requisitos de como se tornar um comissário de bordo, o candidato também precisa ter aulas de maquiagem e etiqueta.

Dia do comissário de bordo

Cead

Embora seja um treinamento difícil que exige muito do futuro comissário, quem se interessar em seguir a carreira, deverá se desafiar e se dedicar ao máximo para que tenha êxito. Portanto, não tenha medo, pois será uma experiência que levará para a vida.

O comissário de bordo é responsável por garantir a segurança dos tripulantes e passageiros, por isso, tem um dia especial em sua homenagem. Que é comemorado dia 31 de maio.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: 6 pilotas de avião que estão fazendo sucesso no Instagram

Fontes: Quero Bolsa, Ceab Brasil, Revista Brasil, Aerotd

Imagens: Aeroin, Ceab, Melhores Destinos, Jornal Hoje em Dia

More in Fatos&Fatos.com