fbpx

Cidade só suspende aulas quando a temperatura cai abaixo de -52?°C

Um fenômeno comum nos países do hemisfério norte, o winter break ocorre no final de dezembro durante umas duas semanas, mas, assim que as festas terminam, as aulas retornam normalmente e vão até junho, quando começa o verão, ou seja, as aulas continuam durante um bom período do inverno.

Nessa época, é comum que algumas cidades estabeleçam um limite de temperatura para que as crianças fiquem em casa e as aulas sejam suspensas. Recentemente, uma reportagem do jornal russo Siberian Times causou repercussão nas mídias, ao revelar esse limite numa vila russa chamada Oymyakon, na Sibéria: -52 º Celsius!

Fonte: Wikimedia Commons
Fonte: Wikimedia Commons

Considerado o assentamento permanentemente habitado mais frio do planeta, as crianças de Oymyakon foram todas à escola no último dia 23 de novembro, quando os termômetros marcavam -50?°C. Para crianças da escola primária (do 1º ao 4° anos), esse distrito rural suspende as aulas quando as temperaturas caem abaixo de -52?°C. Para os crescidinhos, com mais de 11 anos, o limite de tolerância é -56?°C.

A rotina dos alunos de Oymyakon

Como a temperatura média diurna da localidade tem ficado na faixa dos -50?°C, os alunos de todas as idades são obrigados a encarar o frio e ir normalmente à escola todas as manhãs, geralmente acompanhadas dos pais e até com seus cães. Alunos de outras aldeias ainda têm que pegar o ônibus escolar e viajar por 18 minutos até a escola.

No mês de dezembro, o sol nasce por volta das 10h em Oymyakon. Ou seja, antes das 9h, que é o horário de início das aulas, todos já devem estar de pé para se preparar, e nessa hora o dia está totalmente escuro, como se fosse noite, e a temperatura ainda mais baixa.

Nessa época do ano, o pôr do sol ocorre às 14 horas, o que significa que, quando as crianças deixam a escola às 17h, já está escuro de novo, e elas têm que enfrentar rajadas de ventos e mais queda de temperatura na volta para casa.

E, para quem pensa que a população se abala com essas temperaturas, é bom lembrar que Existe um monumento na praça que comemora um dia de janeiro de 1924, quando a temperatura caiu a -71,2?°C.

More in Fatos&Fatos.com