fbpx

Chef Dario Costa – História do segundo ganhador do Mestre do Sabor

Chef Dário Costa integrou o elenco da segunda temporada do reality Mestre do Sabor. Aliás, foi ele o segundo campeão da história do programa, um talent show culinário da Rede Globo. Ele participou da edição de 2020 e levou o grande prêmio de R$ 250 mil reais, depois de ser avaliado por grandes nomes da gastronomia, como Claude Troisgos, Batista, Leo Paixão, Kátia Barbosa e Rafael Costa e Silva.

Antes de mais nada, o ganhador é original de Santos e participou da edição quando tinha 32 anos. Na época, Dário Costa morava em São Paulo, na região do Guarujá. Sobretudo, ficou conhecido no programa por ser surfista, carregando não só experiência no esporte como tatuagens e o estilo característico.

Nesse sentido, foi a paixão pelo mar que levou o surfista a se tornar chef, principalmente por motivá-lo a viajar o mundo em busca de boas ondas. Porém, a história com a cozinha começou quando ele tinha 19 anos, e decidiu mudar-se para a Nova Zelândia, após o falecimento do pai.

Entretanto, para conseguir sustentar os custos, Dário Costa precisou encontrar um emprego, e acabou descobrindo na cozinha uma possibilidade. Sendo assim, trabalhou em diversos restaurantes durante os dois anos de estadia na Nova Zelândia. A princípio, começou como lavador de louças e foi avançando nas funções.

Assim, depois desse período, o santista retornou para o Brasil e graduou-se em gastronomia em sua terra natal. Ademais, se especializou e continuou trabalhando dentro do ramo. Por outro lado, nunca parou com o surf, que passou a ser visto como um hobby.

Chef Dário Costa - história do segundo ganhador do Mestre do Sabor
Chef Dário Costa durante a segunda temporada de Mestre do Sabor (à esquerda) e durante a primeira temporada de Masterchef (à direita) – Fonte: UOL

Masterchef e Mestre do Sabor

A princípio, a primeira participação do Chef Dário Costa no mundo dos realities de culinária foi na temporada de estreia do Masterchef Profissionais. Nesse sentido, participou da competição em 2016 e, ainda que não tenha vencido, se consagrou como finalista e obteve o terceiro lugar.

Posteriormente, a participação no programa alavancou sua carreira e o ajudou a abrir seu primeiro restaurante, o Madê Cozinha Autoral. Em resumo, o espaço trabalha com a filosofia de comida de verdade, artesanal e original, ainda contando com um ambiente intimista. No geral, o Chef Dário Costa ficou conhecido por trabalhar com produtos sazonais e frutos do mar.

Entretanto, a passagem pelo primeiro reality show envolveu algumas polêmicas, tanto que Dário ficou conhecido como o vilão da edição. Sobretudo, houveram críticas a respeito de atitudes machistas contra a competidora Dayse Paparoto, campeã da edição.

Eventualmente, o chef conseguiu modificar sua imagem ao participar do Mestre do Sabor, em 2020, tornando-se o preferido da temporada. Sobretudo, o prato que consagrou sua entrada no programa foi um peixe com escamas de banana, limão cravo e taioba. Foi assim, aliás, que o participante integrou o time da chef Kátia Barbosa.

Por fim, a prova conclusiva que coroou o chef Dário Costa como campeão envolveu a preparação de um menu completo. Ou seja, os participantes precisavam servir um prato de entrada, um prato principal e uma sobremesa.

Além disso, os principais ingredientes foram escolhidos por sorteio. Desse modo, Dário Costa criou um prato principal de anchova com manjericão, tomate e nata.

Apesar da disputa acirrada envolvendo quatro chefs e três provas complexas, o santista se consagrou como o segundo ganhador do Mestre do Sabor.

Chef Dário Costa - história do segundo ganhador do Mestre do Sabor
Fonte: TV Tribuna

O que o chef Dário Costa faz atualmente?

Além do restaurante Madê Cozinha Autoral, citado anteriormente, o chef Dário Costa abriu outro estabelecimento. Porém, o Paru Restaurante trabalha especificamente com frutos do mar, e também com as conhecidas comidas de rua. Ademais, fica localizado em Santos, dentro do Mercado de Peixes, na Ponta da Praia.

Basicamente, esse empreendimento é uma lanchonete de frutos do mar, uma definição utilizada pelo próprio chef, em entrevistas. Nesse sentido, a maioria dos pratos se come com as mãos, e o local ainda funciona com o próprio freguês pegando seu pedido.

Por outro lado, o chef Dário Costa ainda abriu uma peixaria, chamada Açougue do Mar. No geral, o local trabalha exclusivamente com peixes nacionais, oferecendo produtos frescos e, por vezes, de difícil acesso. Sendo assim, o segundo ganhador do Mestre do Sabor se divide entre seus empreendimentos, a família e o surf.

E aí, gostou de conhecer sobre o chef Dário Costa? Então leia sobre Chef Gabriel Coelho – História do primeiro ganhador do Mestre do Sabor.

Fontes: GShow | VEJA | Unimonte | Área da Mulher |

Imagens: Área da Mulher | UOL | TV Tribuna

More in Fatos&Fatos.com