Cadeia alimentar: conheça seu funcionamento e seus níveis

Qualquer espécie de animal ou planta depende de outra espécie para sua sobrevivência. É possível ver esse ciclo através da cadeia alimentar. É por meio dela que podemos ver como os organismos vivos fornecem e obtêm sua energia no meio ambiente.

Fonte: ShutterstockFonte: Shutterstock

O que é cadeia alimentar?

Cadeia alimentar é um conceito utilizado para representar a transferência de matéria e energia no ecossistema. Assim, ela indica como os seres vivos servem de alimento para o outro. As cadeias alimentares são formadas por vários organismos que estão em diferentes posições ou níveis tróficos, sendo divididos de acordo com a forma com que se alimentam.

O fluxo de matéria orgânica e energia na cadeia segue uma sequência:

  • produtores;
  • consumidores;
  • decompositores.

O funcionamento da cadeia alimentar

No ecossistema, os seres vivos se relacionam entre si transferindo matéria e energia através da nutrição. A cadeia alimentar se inicia com um produtor, que gera seu próprio alimento. Quase sempre se trata de uma planta verde, que consegue se sustentar por meio da fotossíntese.

A partir dos seres que produzem seu próprio alimento e geram energia cria-se uma cadeia (sequência) em que um ser vivo é consumido pelo outro. Ou seja, na sequência vem o consumidor, alguém que se alimenta de outras plantas e/ou animais.

O último ciclo da cadeia é composto pelo animal que, após sua morte, servirá de alimento para os organismos decompositores.

Fonte: ShutterstockFonte: Shutterstock

Níveis tróficos em uma cadeia alimentar

Cada parte da cadeia é compreendida como nível trófico, também conhecido como nível de alimentação. 

Toda vez que um ser vivo se alimenta, parte da energia fornecida pelo alimento é usada por meio do que chamamos de calorias e a outra parte é enviada para o seu consumidor.

Nesse processo de transferência, a energia original (inicial) vai se perdendo.

Produtores

A energia dos alimentos começa a partir dos seres produtores (autótrofos), pois eles são responsáveis por produzir seu próprio alimento, seja por meio da fotossíntese ou da quimiossíntese.

As plantas e os plânctons são os principais seres produtores, afinal eles utilizam os nutrientes do solo e da luz solar para obter energia de modo autossuficiente. Os autótrofos são os organismos vivos com maior quantidade de energia.

Consumidores

Em seguida, no segundo nível, vêm os consumidores (heterótrofos), que podem ser primários, secundários ou terciários. Todos eles precisam se alimentar de outros seres vivos para obter energia e nutrientes.

  • Consumidores primários: são os seres vivos que se alimentam diretamente dos produtores. Geralmente animais herbívoros ou onívoros, porque consomem plantas. Exemplos: cavalo, girafa e vaca;
  • Consumidores secundários: são os organismos que se alimentam dos consumidores primários. Eles são carnívoros ou onívoros. O ser humano e o gato são espécies que se enquadram nesse contexto.
  • Consumidores terciários: são seres vivos que consomem os secundários. Eles também podem ser carnívoros ou onívoros. Leão e tubarão são espécies do nível trófico terciário.

Os níveis tróficos continuam sucessivamente, porém como a energia é perdida a cada nova transmissão, geralmente não existem muitas etapas de consumo numa cadeia alimentar.

Decompositores

Na última fase trófica da cadeia alimentar aparecem os seres decompositores, que se alimentam de matéria orgânica. 

Ou seja, eles são os responsáveis por decompor a matéria orgânica morta e retirar os nutrientes que precisam para sobreviver e, ainda, disponibilizar ao meio ambiente aquilo que é necessário para recomeçar o ciclo. As bactérias e os fungos são exemplos de organismos decompositores.

Apesar de pertencerem ao último nível trófico, os decompositores também estão presentes nos demais níveis. 

Quando um animal consumidor primário morre, por exemplo, os organismos decompositores atuam na decomposição da matéria orgânica dele. Assim acontece também no caso em que um organismo secundário ou terciário morre.

More in Fatos&Fatos.com

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2020 powered by fatos&fatos.com.