fbpx

Brasil ocupa a 64ª posição entre os jovens mais altos do mundo

Segundo estudo publicado na última quinta (5) na revista científica The Lancet, a má nutrição na infância é um fator decisivo para a altura atingida durante a fase de crescimento. A pesquisa analisou o Índice de Massa Corporal de 65 milhões de participantes entre 1985 e 2019, originários de 200 países, com idades entre 5 e 19 anos e comprova: os adolescentes neerlandeses são os mais altos do mundo!

Altura dos jovens no Brasil

Segundo a análise, aos 19 anos as brasileiras atingem uma estatura média de 1,62 metro, enquanto garotos chegam a 1,76 metro. Nos Países Baixos, as meninas e os meninos alcançam essa medida aos 13 e 15 anos, respectivamente.

Os rapazes brasileiros hoje ocupam a 64ª posição no ranking global de altura. Isso representa um salto de 24 colocações em relação ao começo do estudo, em 1985, onde estavam no 88º lugar. Para as garotas essa diferença foi ainda maior: do 117º para 70º!

(Fonte: Pexels)
(Fonte: Pexels)

A relação entre a alimentação e a estatura ao longo dos anos

Os pesquisadores relataram que os países que investiram em programas focados na nutrição adequada nas escolas primárias e secundárias tiveram um aumento significativo na altura das crianças e jovens, enquanto a média ficou estagnada ou até mesmo abaixou em áreas que não adotaram as mesmas medidas.

(Fonte: Pexels)
(Fonte: Pexels)

Outros fatores também podem influenciar o desenvolvimento da estatura, como a genética, por exemplo, mas para os autores ela só explica uma pequena parte da variação entre os países ou das mudanças ao longo do tempo.

More in Fatos&Fatos.com