fbpx

Boi de piranha – História e significado dessa expressão popular

Provavelmente você já ouviu a expressão boi de piranha, mas você conhece sua origem e significado? Em primeiro lugar, o significado está associado a aquele que se submete ou é submetido a um sacrifício. Nesse sentido, a principal intenção do sacrifício envolve livrar outra pessoa de uma dificuldade, ou do sentimento de culpa.

Desse modo, a expressão popular surgiu para designar quando uma pessoa se compromete em uma situação pelo bem de outros. Porém, nem sempre esse processo acontece de forma voluntária. Em especial porque o boi de piranha em uma determinada situação pode ser designado pela própria pessoa culpada, numa tentativa de fugir do conflito.

No geral, a expressão boi de piranha tornou-se popular a partir das regiões sertanejas e pecuaristas do Brasil. Sobretudo, as localidades que trabalham com gado ou grandes boiadas, como no Centro-Oeste, por exemplo.

Origem da expressão boi de piranha

A princípio, o boi de piranha refere-se ao animal que é sacrificado em um rio repleto de piranhas, durante a travessia de uma boiada. Basicamente, um boiadeiro, que é o responsável pelos animais, precisava sacrificar um membro do grupo para atrair as piranhas. Desse modo, era possível atravessar o rio sem maiores problemas, porque os peixes estariam focados em outro ponto.

Comumente, o boi selecionado era um animal velho ou doente, levado nas travessias com as boiadas especificamente para esse propósito. Nesse sentido, cabe ressaltar que esse tipo de viagem é tradicional do Brasil na década de 80 e acontecia entre cidades e estados. Porque não haviam tantas estruturas como atualmente, o trajeto era feito na maior parte do tempo a pé.

Sendo assim, funcionários de uma fazenda acompanhavam um grande conjunto de bois que haviam sido vendidos ou transferidos para outro local. Portanto, costumavam ir à cavalo ou a pé nessa jornada. Além disso, os funcionários ficavam distribuídos igualmente no começo, no meio ou no final da boiada. Dessa maneira, era possível guiar o trajeto, vigiar os animais e estar atento aos arredores.

Entretanto, como a viagem costumava passar por regiões distintas, era comum encontrar rios sem pontes ou meios de travessia mais simples. Consequentemente, o boi de piranha era colocado na água, acima ou abaixo do ponto de travessia, para que as piranhas fossem atraídas até ele. Logo em seguida, os responsáveis atravessavam com os animais, sem que eles corressem riscos.

Posteriormente, a travessia continuava sem maiores problemas. Entretanto, existem casos de vários bois de piranha participarem dessas expedições, pois a depender do terreno era necessário passar por vários rios. Por outro lado, também era comum utilizá-los para o retorno dos funcionários à fazenda, quando não era possível encontrar outra rota.

Boi de piranha - história e significado dessa expressão popular
Fonte: Correio Braziliense

Usos e curiosidades

A princípio, essa prática do boi de piranha era comum, mas eventualmente foi se tornando escassa. Sobretudo, a defesa do direito desses animais, assim como a melhoria das condições de viagem fez com que houvessem mudanças. Além disso, o desenvolvimento tecnológico e o baixo índice de adoecimento do gado também influenciou para que outros meios fossem utilizados.

Sendo assim, é comum que o gado seja transportado em estradas, por meio de caminhões e camburões específicos para transporte animal. Ademais, cada vez menos se encontra animais velhos ou doentes, tendo em vista o constante ciclo da indústria da carne brasileira.

Entretanto, algumas regiões mais tradicionais utilizam dessa prática, em especial fazendas menores e sem tanta estrutura. Porém, cabe ressaltar que alguns estados brasileiros possuem fiscalização quanto ao sacrifício de animais.

No geral, a expressão boi de piranha tornou-se popular pelo caráter de sacrifício e, em alguns casos, de altruísmo. Porque uma pessoa pode escolher se comprometer por outros, é possível que o termo não tenha sentido pejorativo. Contudo, a maior parte do tempo em que essa expressão é utilizada tende a se referir a alguém “jogado aos leões” dentro de uma situação.

Apesar de ser uma expressão regional das cidades pecuaristas, a designação boi de piranha entrou no imaginário popular assim como outros termos populares. Como exemplo, pode-se citar expressões como “chato de galochas” ou “sem eita nem beira“, que são tradicionais ou específicas, mas ainda fazem parte do linguajar brasileiro.

E aí, gostou de aprender sobre o que é boi de piranha? Então leia sobre Andar descalço – Principais benefícios que oferece para a saúde.

Fontes: Wiki | Terra

Imagens: Compre Rural | Correio Braziliense

More in Fatos&Fatos.com