Afinal, que língua é o esperanto?

Com milhões de pessoas vivendo ao redor do globo, era de se esperar que diversos idiomas surgissem com o passar dos séculos. Entretanto, isso acabou gerando alguns bloqueios comunicativos até mesmo entre pessoas de países vizinhos ou em uma mesma nação, e foi exatamente pensando em contornar essa situação que surgiu o esperanto.

O que é esperanto?

Trata-se de uma língua que surge com a proposta de democratizar a comunicação entre todas as pessoas do planeta. Criado pelo médico Lázaro Zamenhof, o esperanto despontou como uma proposta de língua internacional neutra capaz de preservar todas as outras línguas e culturas existentes no mundo. O próprio Zamenhof chegou a encontrar dificuldades por viver em uma cidade polonesa onde habitavam alemães, lituanos, judeus, russos e, claro, poloneses, o que acabava gerando desentendimento entre eles em alguns momentos por conta de bloqueios linguísticos.

Esperanto vem ganhando cada vez mais adepto ao longo dos últimos anos. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)Esperanto vem ganhando cada vez mais adepto ao longo dos últimos anos. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

O surgimento do esperanto

A semente do esperanto foi plantada em 1887, quando o doutor lançou um livro que serviria como base para o novo idioma. Nele, era possível encontrar cerca de 920 palavras com as quais o interessado poderia formar milhares de outros vocábulos para se comunicar com outras pessoas, incluindo nesse pacote algumas letras que não existem em nenhuma outra língua. 

Com o passar do tempo, cada vez mais pessoas foram abraçando a proposta lançada por Zamenhof. Atualmente, o esperanto já existe em mais de 115 países, com 2 milhões de falantes, figurando entre os 300 idiomas mais falados no mundo.

aMonumento ao Professor Zamenhof, o criador do Esperanto, em Odessa, Ucrânia. (Fonte: Shutterstock)

Em muitos destes lugares, inclusive, o esperanto já é utilizado como segunda língua por várias pessoas em vez do inglês, sendo muitas delas habitantes dos Estados Unidos, Bélgica, Estados Unidos, Polônia, Itália, Alemanha, França, China, Japão e Brasil.

Para fechar com um dado curioso, atualmente há mais de 25 mil livros escritos em esperanto, o que só prova que ele vem ganhando cada vez mais força com o passar do tempo.

More in Fatos&Fatos.com

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2020 powered by fatos&fatos.com.