6 armas que parecem criadas pela ficção científica

O cinema, em especial o do gênero ficção científica, já apresentou muitas armas à humanidade, dos mais variados tipos, com raios laser, sabres de luz, capaz de invisibilidade… Todo mundo tem em mente algum dispositivo que tenha chamado sua atenção.

E muitos deles, aparentemente, saíram do reino da imaginação para se tornarem reais. Calma, não tem nenhum sabre de luz de Star Wars à venda por aí. Entretanto, outras armas estão em uso e foram, ao que tudo indica, inspiradas pela sétima arte. Duvida? Então confira essas seis armas que parecem fruto da ficção científica.

Leia também: Como armas cenográficas podem dar tiros letais?

1. Corner Shot

(Fonte: CornerShot)(Fonte: CornerShot)

Inventado pelo tenente-coronel do exército israelense, Amos Golan, a CornerShot é uma arma projetada para uso em situações hostis, especialmente as que envolvem terroristas e reféns.

Foi desenvolvida para atingir até 100 metros, como uma pistola .40, e 200 metros com eficácia de um rifle .22. Seu perfil futurista chama bastante a atenção, em especial por vir com um monitor LCD, lanterna e câmera, que permitem operar dia e noite, sem o risco de exposição.

2. Quantum Stealth

(Fonte: Quantum Stealth)(Fonte: Quantum Stealth)

Não é a capa do Harry Potter, mas até que poderia ser. Uma empresa canadense conseguiu desenvolver um escudo de invisibilidade. Na realidade, o que o produto da Hyperstealth faz é criar um painel de camuflagem, que esconde tudo que está atrás dele.

É feito de um material fino como papel, barato e não requer nenhuma fonte de energia. Assim que um objeto ou pessoa se posiciona atrás do Quantum Stealth, ele permanecerá invisível a uma certa distância.

3. Sistema de Negação Ativo (ADS)

(Fonte: Unlisted USAF personnel)(Fonte: Unlisted USAF personnel)

O Sistema de Negação Ativa é uma arma de energia não-letal criada por militares dos Estados Unidos. Também conhecido como “raio de calor” ou “raio de dor”, o ADS é projetado para uso em segurança de perímetros e controle de multidões.

Ele é acoplado a um veículo, emitindo um feixe de ondas do tipo radiação eletromagnética, que produz uma sensação de queimação na pele quando atinge um alvo humano. Para você entender melhor, imagine que o ADS funciona com um sistema semelhante ao de um forno de micro-ondas.

4. The Mosquito

(Fonte: Sunmist/Wikimedia Commons)(Fonte: Sunmist/Wikimedia Commons)

Conhecido como The Mosquito ou Mosquito, esse dispositivo é um alarme utilizado para reduzir comportamentos considerados anti-sociais, como vandalismo, uso e distribuição de drogas.

O que ele faz é emitir um som em alta frequência, projetado de maneira que seja ouvido, principalmente, por pessoas mais jovens. O nome é referência ao zumbido que o dispositivo emite.

5. Projétil de Energia Pulsada (PEP)

(Fonte: US Army)(Fonte: US Army)

Criado no início da década de 1990 por meio de um projeto liderado por pesquisadores atrelados ao Pentágono, o Projétil de Energia Pulsada (PEP) é um laser infravermelho capaz de interceptar um alvo ao induzir uma dor excruciante, tão grande que é capaz de causar uma paralisia.

A ideia inicial era desenvolver uma arma não-letal mais eficaz para atingir um alvo. Em virtude de seu tamanho, necessitava ser acoplada a um veículo. Apesar de seu caráter inicial ser não-letal, verificou-se que ela poderia matar, ou até mesmo ser utilizada como método de tortura, razões pelas quais deixou de ser utilizada no final da primeira década dos anos 2000.

6. Boeing Laser Avenger

(Fonte: Boieng)(Fonte: Boieng)

Desenvolvido pela Boeing, gigante da aviação, o Boeing Laser Avenger é um sistema de laser infravermelho, com potência de até 10 kW, capaz de destruir aeronaves sem expor sua localização aos inimigos.

Sua tecnologia de rastreamento é repleta de camadas, permitindo a detecção de drones que viajam em baixas e médias altitudes, bem como UAVs, aviões pilotados por controle remoto. Uma de suas vantagens é atingir alvos sem disparar um único tiro, isto é, um eventual erro de mira não causaria danos a outras superfícies.

More in Fatos&Fatos.com

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2020 powered by fatos&fatos.com.