5 famosos exploradores que mudaram a história com suas expedições

Durante a Era da Exploração, entre os séculos XV e XVII, líderes de todo o planeta se engajaram na busca por novas terras e riquezas. Por meio de expedições gigantes, navegantes se deslocaram para o desconhecido e áreas mais remotas do mundo, tornando-se lendas que inspiraram milhares de viajantes nos séculos seguintes.

Conheça abaixo alguns dos mais famosos exploradores de todos os tempos e a importância de suas descobertas para a história da civilização humana.

1. Marco Polo

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Entre os anos 1271 e 1295, Marco Polo viajou da Europa à Ásia para conhecer os costumes e alcançar locais que os europeus sequer tinham sonhado em chegar. Após 17 anos vivendo na China, o explorador tornou-se devoto do imperador e subiu na hierarquia, servindo como governador, funcionário do Conselho Privado e inspetor de impostos na cidade de Yanzhou. 

Em 1292, Polo deixou a China ao ser escalado como consorte de uma princesa mongol e partiu para a Pérsia em sua última viagem conhecida. Desde então, os registros do explorador seguem sob estudos e indicam uma participação importante no conhecimento do mundo atual e na impulsão de novas expedições.

2. Cristóvão Colombo

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

O genovês Cristóvão Colombo participou de várias viagens comerciais nos mares Mediterrâneo e Egeu em sua adolescência, mas foi apenas décadas depois que consagrou seu feito mais relevante. 

Em 1492, ele cruzou o Oceano Atlântico na nau Santa Maria, ao lado das embarcações Pinta e Niña, na esperança de encontrar uma nova rota para a Índia. No total, quatro viagens ao Caribe e América foram realizadas e o explorador ficou conhecido por dar início à colonização europeia nas Américas, relatando detalhes sobre seus caminhos e repassando informações valiosas sobre as terras descobertas.

3. Hernán Cortés

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Envolvido na queda de Montezuma e do Império Asteca após a batalha contra os guerreiros Tlaxacan e Cholula, Hernán Cortés foi um explorador da América que se consagrou por conquistar o México para a Espanha.

Ao tornar-se aliado de outras tribos na região, o navegador e guerrilheiro forçou o país a entrar em conflito interno, resultando em um genocídio com mais de 100 mil mortes de nativos. Com isso, em 1222, Cortés foi nomeado governador da Nova Espanha por Carlos I, também conhecido como Sacro Imperador Romano Carlos V.

4. Pedro Álvares Cabral

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Em 1500, Pedro Álvares Cabral foi consagrado como o primeiro explorador português a chegar na costa brasileira, após a esquadra que comandava se desviar da rota traçada — em destino à Índia — devido a uma forte tempestade.

Ao alcançar o Brasil, atracou em Porto Seguro, no estado da Bahia. O favorito do rei Manuel I reivindicou à terra, fincou a bandeira de Portugal na areia e deu-lhe o nome de ‘Ilha de Vera Cruz’, iniciando um duro processo de colonização e imposição cultural entre nativos.

5. Vasco da Gama

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Vasco da Gama foi o primeiro europeu a chegar na Índia via navegação marítima e foi o responsável por inaugurar rotas abertas ligando Europa e Ásia. A partir de 1947, o explorador português deu início a uma era das descobertas e permitiu o alcance facilitado ao leste, via Cabo da Boa Esperança.

Rapidamente, viagens de exploração foram iniciadas em toda a Europa, impulsionando processos de colonização na Ásia e África em larga escala. A obra épica Os Lusíadas, do escritor português Luís Vaz de Camões, foi escrita em sua homenagem.

More in Fatos&Fatos.com